Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2022
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 15º

"Níveis de atividade física dos portugueses ainda são insuficientes"

Na Semana Europeia do Desporto, que se assinala de 23 a 30 de setembro, importa refletir sobre os níveis de atividade física dos portugueses e o que pode ser feito para reduzir os níveis de sedentarismo que tanto impacto têm na saúde da população. Vamos a isso?

"Níveis de atividade física dos portugueses ainda são insuficientes"
Notícias ao Minuto

21:30 - 27/09/22 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Semana Europeia do Desporto

Imaginar o futuro com mais cidadãos ativos é, sobretudo, desafiador. Crianças e jovens que correm e brincam na rua, adultos que se deslocam a pé ou de bicicleta, idosos que praticam exercício recreativo com claros benefícios para a sua saúde, parece parte de um cenário idílico. Na verdade, a prática regular de atividade física, seja de forma organizada ou inserida nas atividades de vida diária traz inúmeros benefícios, para além dos que são conhecidos para a saúde, como é o caso da produtividade e da ecologia, entre muitos outros. 

Segundo o relatório do Programa Nacional para a Promoção da Atividade Física de 2021, da Direção-Geral da Saúde, 54,3% dos inquiridos apresentavam níveis adequados de atividade física para a promoção da saúde, um aumento relativamente aos 46% apurados em 2020.

Quanto às preferências, a caminhada é claramente a atividade favorita para as mulheres portuguesas, seguida (de longe) pelas atividades de ginásio e natação. Nos homens, caminhar e jogar futebol estão empatados no topo, seguidos da corrida e do ciclismo. A dança é uma preferência específica das mulheres e o futebol um domínio largamente masculino. 

Apesar desta melhoria, os níveis de atividade física dos portugueses ainda são insuficientes. Conhecer as barreiras e os obstáculos para níveis superiores de atividade física é essencial para que, uma vez identificados, possam ser ultrapassados. Um outro estudo revelou que, juntando a 'falta de interesse', a 'falta de gosto pela competição' e também uma estimativa de pessoas para quem a 'falta de tempo' significa uma baixa apetência pessoal, conclui-se que cerca de 45% dos portugueses estão pouco motivados para praticar atividade física com mais regularidade.

Por outro lado, razões de ordem externa, como o custo, o acesso, a falta de companhia ou a falta de tempo real, representam cerca de 40% dos fatores impeditivos. Finalmente, 15% da população assinala a incapacidade física, a doença e o receio de lesão como razões para não praticar mais atividade física e desporto.

Desta forma, envolver médicos de família e de medicina desportiva nas estratégias de melhoria dos níveis de atividade física pode levar a que mais pessoas façam exercício em níveis adequados, bem como as que têm alguma patologia ou algum fator de risco, o possam fazer em segurança. 

Para reduzir o sedentarismo é necessário que as atividades escolhidas sejam interessantes e motivadoras, mas também acessíveis, seguras e facilmente integradas nas rotinas do dia-a-dia. Por exemplo, realizar mais atividade física nos percursos diários - usar a bicicleta ou realizar parte dos percursos a pé - é uma prática generalizada em muitos países da Europa.

São necessárias mais políticas públicas que incluam o local de trabalho, a mobilidade ativa, nas deslocações casa-trabalho, casa-escola e casa-comunidade, mas também a escola, criando comunidades escolares em todos os níveis de ensino - do básico ao superior - que promovam a atividade física de forma integrada, dentro e ao redor da escola ou da universidade, com os alunos e os professores e os funcionários, nas pausas entre aulas e durante as próprias aulas, em todas as disciplinas.

Uma população ativa é sem dúvida uma população mais saudável. Pratique atividade física e cuide da sua saúde. 

*Artigo assinado por Maria João Sá, especialista em Medicina Geral e Familiar e Medicina Desportiva no Instituto CUF Porto

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório