Meteorologia

  • 20 JULHO 2024
Tempo
21º
MIN 20º MÁX 28º

Mais de 40 produtores marcam presença na Feira do Vinho do Dão, em Nelas

A 31.ª edição da Feira do Vinho do Dão acontece entre 1 e 4 de setembro.

Mais de 40 produtores marcam presença na Feira do Vinho do Dão, em Nelas
Notícias ao Minuto

17:08 - 26/08/22 por Lusa

Lifestyle Vinhos

A 31.ª edição da Feira do Vinho do Dão recebe este ano 45 produtores de vinho, a "maior participação", num evento que o presidente da Câmara Municipal de Nelas disse hoje à agência Lusa querer internacionalizar.

"Temos 45 produtores de vinho confirmados para a edição deste ano da Feira do Vinho do Dão, o que é um aumento significativo comparado com os 30 e pouco dos anos anteriores", disse à agência Lusa Joaquim Amaral.

A 31.ª edição está agendada para acontecer de 1 a 4 de setembro, na Praça do Município, depois de dois anos sem evento presencial, devido à pandemia de Covid-19, o que, no entender do autarca, fez "aumentar a expectativa".

"Há uma expectativa muito grande por parte do público e da organização, mas também por parte dos produtores, já que se trata de uma das maiores feiras de vinho do país, com exceção para Lisboa e Porto", defendeu.

Leia Também: Participámos numa visita guiada à Adega de Palmela e contamos-lhe tudo

No entender de Joaquim Amaral, a feira de Nelas "é das maiores do país em termos qualitativos e em dimensão e impacto daquilo que é a promoção deste produto de excelência" de Portugal.

"É claramente um evento de referência não só a nível regional como nacional. A ideia é fazer do Dão o vinho de referência e de excelência na mesa de todo o país e também a nível internacional, porque o nosso objetivo é paulatinamente internacionalizarmos esta nossa feira", admitiu.

O autarca explicou que esta feira foi "trabalhada em conjunto com os produtores de vinho, de forma a ir ao encontro dos seus anseios e do que pretendem enquanto modelo de negócio, mas também com o pensamento no futuro".

"Queremos juntar os parceiros e os produtores para trabalhar no alargamento do evento ao enoturismo, à sua profissionalização e à sua internacionalização. É o caminho para promover este nosso produto de excelência que é o Dão", sublinhou.

Joaquim Amaral destacou também à agência Lusa que, no primeiro dia de feira, "vai ser inaugurada a reabilitação da estátua do escanção, que é única no mundo, e está em Nelas e foi agora alvo de reabilitação".

"A estátua foi criada precisamente com o intuito de identificar Nelas como o coração do Dão e nunca foi requalificada. Nós requalificámos a estátua e todo o espaço envolvente com melhoria do espaço e colocação de luzes", apontou.

Um investimento que "não foi muito grande, foi controlado, com um pouco mais de 10.000 euros aquele espaço está totalmente requalificado e é uma homenagem aos profissionais do vinho e da vinha".

Para este ano, o evento reúne "mais de 70 expositores, entre produtores de vinho e outros produtos endógenos como o queijo da serra da Estrela, o azeite ou o mel" e, ao longo dos quatro dias, haverá "degustações e provas" dos produtos regionais.

Além da vertente mais vitivinícola, há "também programação para toda a família, com animação para os mais novos, DJ para os mais jovens e ainda os concertos ao início da noite com artistas como Ana Bacalhau, Gisela João e Mara Pedro".

No decorrer dos dias, explicou o autarca, estão também agendadas visitas a quintas da região do Dão, a quintas de enoturismo, passeios e "outras iniciativas ligadas ao turismo de Natureza".

Leia Também: 12 programas de vindimas em que vai querer participar

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório