Meteorologia

  • 01 OUTUBRO 2022
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 27º

Quase todos mentimos (pelo menos) quatro vezes por dia, diz estudo

É o resultado de um questionário respondido por dois mil americanos.

 Quase todos mentimos (pelo menos) quatro vezes por dia, diz estudo
Notícias ao Minuto

11:58 - 17/08/22 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Psicologia

Mentir é raramente a melhor solução, no entanto, é algo que toda a gente, uns mais do que outros. Recentemente, a One Poll (empresa especializada em pesquisa de marketing) fez um questionário e conseguiu concluir que, no geral, os americanos mentem quatro vezes por dia. 

Além disto, graças a este questionário, feito a pedido do Online Betting Guide, um guia sobre apostas online, foi possível perceber que os participantes sentem que alguém lhes mente, pelo menos, seis vezes por dia. 

No entanto, 53% das pessoas, que responderam ao questionário, consideram-se extremamente capazes de saber quando alguém lhes mente e apenas 8% acha que não o consegue fazer. 

Também foi possível perceber que apenas 24% consegue mentir sem ninguém perceber. Já algumas pessoas, cerca de 3%, afirmam não ter a capacidade de disfarçar. 

Os responsáveis pelo questionário afirmam ainda que as pessoas que não são apanhadas a mentir usam, no geral, os seus 'talentos' para jogar póquer (32%); responder quando alguém lhes pergunta se gostam do que têm vestido (30%); e elogiar uma refeição menos boa (27%). 

Leia Também: Quatro signos que são mentirosos compulsivos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório