Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2022
Tempo
24º
MIN 14º MÁX 25º

O caminho para resgatar a juventude, segundo uma especialista

"A tendência de utilizar filtros promove uma visão cada vez mais distorcida da beleza", defende Catarina Santos, especialista de ginecoestética e medicina estética na My Clinique, num artigo de opinião partilhado com o Lifestyle ao Minuto, a propósito do Dia Internacional da Juventude.

O caminho para resgatar a juventude, segundo uma especialista
Notícias ao Minuto

08:34 - 12/08/22 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Artigo de opinião

A esperança média de vida quase que duplicou nos últimos 150 anos, mas continua a existir um constrangimento com a passagem do tempo e o chegar a 'velho'. Diz-se que os 50 são os novos 30, os 40 são os novos 20 e por aí adiante, mas ao primeiro cabelo branco, quando salta aquela gordurinha do soutien ou quando as rugas da testa começam a vincar prevalece uma frustração amarga.

Ser jovem e bonito confere vantagem seletiva. As empresas querem gente nova, dinâmica, fora da caixa, com sangue na guelra. Reprovam-se os sinais indeléveis da passagem do tempo nos processos de seleção e valoriza-se a juventude em detrimento da experiência. Juventude e beleza andam de mãos dadas com o sucesso profissional e estudos indicam que existe maior probabilidade de uma ascensão social em pessoas com aparência mais jovem.

As próprias redes sociais bombardeiam-nos com montagens de antes e depois e fotos de figuras públicas no passado e no momento atual, endeusando quem chega a velho com um corpo escultural e cara de boneca. A que custo e com que propósito não interessa. Já a tendência de utilizar filtros promove uma visão cada vez mais distorcida da beleza.

Notícias ao Minuto Catarina Santos© DR

A indústria da beleza ascende para valores nunca vistos, independentemente de crises e pandemias e, de acordo com as estatísticas, nem mesmo uma economia frágil e à beira do precipício consegue travar o seu crescimento, prevendo-se um crescimento de 14%, até 2030. Produtos cosméticos são agora considerados essenciais e figuram entre os gastos mensais 'básicos' por parte das gerações mais novas, bem ao lado do leite e dos ovos.

Graças a esta demanda, a Medicina Estética tem evoluído bastante. Existem inúmeros tratamentos não invasivos que visam adiar o aparecimento dos sinais do tempo, que se fazem confortavelmente à hora de almoço ou no final de um dia de trabalho, permitindo retomar a rotina habitual de forma instantânea. Os mais procurados são a toxina botulínica (vulgo “Botox”), preenchimento com ácido hialurónico e bioestimuladores. Atuam em várias frentes, ora relaxando os músculos e evitando rugas de expressão, ora devolvendo volume em zonas do rosto onde o vamos perdendo ou estimulando a produção de colagénio e elastina de forma a manter a pele firme. 

Face à procura crescente emerge uma oferta desmedida em grande parte de qualidade inferior. Profissionais não médicos, produtos de qualidade duvidosa em espaços não habilitados para a atividade clínica que prometem resultados fantásticos com preços imbatíveis. Quanto a esta tendência nunca é demais alertar os consumidores que, num país onde se embirra com os galheteiros dos restaurantes, o sector da estética vai passando entre os pingos da chuva das entidades reguladoras, existindo as mais inusitadas bizarrias e falcatruas.

Além disso, os maus resultados andam por aí na rua, são detetáveis até pelo espectador mais desatento e dão má reputação ao sector. Rostos atónitos ou sem expressão, fácies leoninos, lábios e bochechas que quase saltam do rosto e toda uma padronização da beleza que é francamente evitável. Estar bem não significa estar igual a todos os outros, e os bons resultados são sempre aqueles que não se notam declaradamente.

À parte de questões mais internas, o cronómetro do tempo não para e ninguém aceita de bom grado a verdade inevitável de que vamos todos morrer e havemos de ser velhos, um dia. Preocuparmo-nos com a nossa imagem é autocuidado, autoestima, bem-estar físico, mental e social, e esta é tão somente a definição de saúde pela OMS. Aparentar estar tão bem como se sente e cuidar do corpo de dentro para fora é um direito e hoje já é possível.

Façamos da nossa jornada de envelhecimento um caminho apetecível de percorrer e honremos cada uma das nossas fases de vida permitindo-nos envelhecer da melhor forma. Pode contar com a medicina estética como sua parceira nesta caminhada, sempre de mãos dadas com o conhecimento científico e bom senso. E, já agora, tendo em conta o estado da arte, procure um profissional que o leve pelo bom caminho. 

Leia Também: Cinco exercícios (super simples) para queimar gordura sem sair de casa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório