Meteorologia

  • 08 AGOSTO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 27º

Botox nos genitais? Esclarecemos algumas dúvidas com um especialista

Duarte Salema Garção, médico cirurgião e diretor clínico da My Clinique, explica em que consiste a intervenção e quais os riscos.

Botox nos genitais? Esclarecemos algumas dúvidas com um especialista

Que o craque português é preocupado com o seu visual já todos sabemos. Todavia, há agora rumores de que tenha aplicado botox nas suas partes mais íntimas. As suspeitas foram lançadas no país vizinho, pelo jornal espanhol La Razón. "Se no rosto a toxina botulínica é um grande aliado do rejuvenescimento facial, nesta zona é para aumentar o tamanho", pode ler-se.

Para já, Cristiano Ronaldo não se pronunciou sobre o rumor, mas uma coisa é certa: o procedimento existe e é bastante requisitado. Chama-se bioplastia peniana e é procurado por alguns homens que querem aumentar ou engrossar o pénis. No entanto, a verdade é que "pode ser colocado ácido hialurónico ou gordura para aumentar o volume do pénis, mas nunca botox como se noticiou", esclarece Duarte Salema Garção, médico cirurgião e diretor clínico da My Clinique, ao Lifestyle ao Minuto.

"Aplicar botox poderia provocar disfunção sexual", alerta.

Notícias ao Minuto Duarte Salema Garção© CUF

"Existem estudos preliminares e pouco consistentes sobre o uso de  toxina botulínica no músculo do pénis para para amenizar o efeito de retração do mesmo. Essa retração encolhe o órgão quando flácido, como é comum em temperaturas mais baixas ou depois da prática de exercícios. Como a toxina botulínica relaxa o músculo, o pénis pode fica com uma aparência maior. No entanto, ainda é algo experimental", explica.

Segundo o especialista, um preenchimento peniano consiste na injeção de gordura ou ácido hialurónico - mais usado no rosto - no tecido sob a pele do pénis. É um procedimento não cirúrgico feito numa questão de minutos numa clínica, sob anestesia local, e que "pode aumentar a circunferência do pénis de um a quatro centímetros, quando está flácido, podendo não trazer muitos resultados quando está ereto". O resultado varia de acordo com a quantidade de líquido injetada e tem duração de cerca de 18 meses.

O tempo de recuperação é de 36 horas, mas o paciente pode voltar à sua rotina no mesmo dia. Ainda assim, há riscos. "Podemos deparar-nos com algumas complicações: alteração na sensibilidade, pequenos nódulos ou assimetria e  dor no ato sexual". "As cirurgias de alongamento e aumento com tecidos adiposo são mais seguras e apresentam melhores resultados", diz Duarte Salema Garção.

Sublinha, ainda, que estes procedimentos devem ser executados por um médico cirurgião plástico com o correto conhecimento da anatomia e fisiologia do pénis, bem como dos produtos a aplicar. 

Leia Também: Jornal espanhol diz que Cristiano Ronaldo coloca botox no pénis

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório