Meteorologia

  • 10 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 26º

Menor tempo de espera para cirurgia à catarata previne acidentes

Eis as conclusões de um estudo australiano.

Menor tempo de espera para cirurgia à catarata previne acidentes
Notícias ao Minuto

09:30 - 30/06/22 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Visão

Um menor tempo de espera para cirurgia à catarata previne acidentes e as suas comorbilidades. Promove autonomia, independência e maior esperança de vida, na terceira idade. Estas são conclusões de um estudo publicado no jornal médico australiano Medical Journal of Australia.

Os investigadores  analisaram o acesso à cirurgia da catarata de idosos australianos com 65 anos ou mais, encaminhados para cirurgia bilateral de catarata relacionada à idade, durante 2013-2016, por um período máximo de 24 meses após ingressão no estudo ou até seis meses após a segunda cirurgia ocular.

"A incidência de queda ajustada por idade e sexo antes da cirurgia foi de 1,17 quedas por ano, 0,81 por ano após a primeira cirurgia ocular e 0,41 por ano após a segunda cirurgia ocular", refere Lisa Keay, docente na Escola de Optometria e Ciência da Visão da Universidade de Nova Gales do Sul, também conhecida como UNSW Sydney, na Austrália.

Num total de 118 participantes, submetidos à segunda cirurgia ocular e que participaram de todas as consultas de acompanhamento, a investigação levada a cabo permitiu concluir que "a incidência ajustada por idade e sexo antes (0,80 quedas por ano) e após a primeira cirurgia ocular (0,81 quedas por ano) foi semelhante, mas foi menor após a segunda cirurgia ocular (0,32 quedas por ano)".

O acesso "atempado e equitativo à cirurgia de catarata é necessário para prevenir lesões e promover o envelhecimento saudável", concluiu ainda o estudo australiano.

Face a estes dados, a Associação de Profissionais Licenciados de Optometria (APLO) apela a que seja assegurado, em Portugal, o acesso atempado, generalizado e integrado no SNS à cirurgia da catarata. "Um menor tempo de espera para a cirurgia à catarata conduz a menor despesa para a pessoa, família e país. Em Portugal não se seguem as recomendações internacionais para a integração dos optometristas nos cuidados para a saúde da visão do Serviço Nacional de Saúde, promovendo o adequado planeamento da força de trabalho de profissionais da saúde da visão, libertando os recursos oftalmológicos para a tão necessária cirurgia à catarata às dezenas de milhares de utentes em lista de espera", refere Raúl de Sousa, presidente da APLO, em comunicado.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a deficiência visual e cegueira evitável e não tratada, como o erro refrativo e a catarata, impacta de forma muito significativa na autonomia, independência e inclusão a nível individual, e na produtividade, desenvolvimento e saúde pública dos países.

Leia Também: Visão: Como proteger durante o verão?

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório