Meteorologia

  • 05 JULHO 2022
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 32º

Uma casa mais eco-sustentável? Comece pela decoração (o planeta agradece)

Artigo patrocinado por hôma

Esperar que sejam os outros a agir quando em causa está a sobrevivência do planeta não é (pelo menos não deveria ser) opção. A mudança que se exige em termos de consciência ambiental compromete todos e não são precisas grandes empreitadas. Pode começar por sua casa, mais precisamente pelas escolhas decorativas que toma. Aprenda a fazer da decoração uma 'arma' em defesa do futuro coletivo.

Uma casa mais eco-sustentável? Comece pela decoração (o planeta agradece)
Notícias ao Minuto

13:26 - 23/06/22 por Notícias ao Minuto

Lifestyle hôma

Que o planeta enfrenta uma emergência climática é uma realidade amplamente difundida nos dias que correm. Mas nem por isso importa menos reforçar a mensagem. Há que agir (enquanto é tempo), cabendo a cada um de nós fazer a sua parte e desempenhar um papel na missão maior de proteger o ambiente. Todos os gestos contam.

Ora, essa responsabilidade individual pode ser exercida de variadas formas pelo que não há desculpa para dela nos demitirmos. A aposta na reciclagem e uma atitude consciente no que ao consumo de água e de energia diz respeito serão, talvez, alguns dos comportamentos mais óbvios que podemos adotar. Mas há outros. Por exemplo, a decoração da nossa casa também pode - e deve - refletir uma postura eco-sustentável, até porque não faltam alternativas para o efeito, alternativas essas cada vez mais ao alcance de todos. Quais? A hôma - Happy Home Living mostra-lhe algumas soluções decorativas 'verdes' que vai querer abraçar.

Reaproximar da Natureza com o bambu 'ao leme'

Contrastando com o acelerado ritmo que nos 'tritura' no dia a dia, sobretudo em contextos mais urbanos, a reaproximação à Natureza e a elementos que para ela remetem é uma tendência cada vez mais em voga no universo da decoração, convidando a que o equilíbrio se estabeleça dentro de portas. O objetivo é fazer da casa uma espécie de santuário de descanso, assente na simplicidade.

E um dos materiais que incorpora essa ideia é o bambu, congregando características únicas que fazem dele uma matéria-prima eco-sustentável por excelência. Sabia, por exemplo, que o bambu é o recurso renovável com o crescimento mais rápido do mundo? Além de uma incrível capacidade de autorregeneração a partir das suas próprias raízes - que por sinal ajudam a proteger o solo da erosão -, tem também um grande potencial de absorção de dióxido de carbono e de produção de oxigénio. Advindo de plantações geridas de forma sustentável, o bambu previne e combate a desflorestação. A garantia de mínimo desperdício e a resistência são outras das qualidades que jogam a favor do bambu.

Notícias ao Minuto © hôma

Para lá do reduzido impacto ambiental, o bambu é ainda muito polivalente a nível de decoração, adequando-se a vários estilos e necessidades. Tanto é matéria-prima para biombos, cadeiras, cestos, abajures e até tapetes, como pode ser um aliado de peso em acessórios de cozinha ou de casa de banho.

Notícias ao Minuto © hôma  

Munir a sua cozinha de caixas organizadoras, caixas para cápsulas de café, para chás ou para o pão, bem como de tabuleiros, tábuas para manipular alimentos, escorredores de loiça; ou ainda de vassouras, baldes e esfregonas à base de bambu, não só é uma escolha amiga do ambiente como ainda acrescenta um toque sofisticado ao espaço. 

E o mesmo se aplica à casa de banho, onde pode incluir diversas opções feitas de bambu mais vocacionadas para a arrumação, como caixas para papel higiénico ou para bijuteria, mas também saboneteiras ou frascos doseadores - isto só para mencionar alguns exemplos.

Notícias ao Minuto © hôma  

Outros materiais de decoração amigos do planeta

Na senda de materiais amigos do ambiente e voltando à cozinha, pode optar por gamas, nomeadamente de utilitários de fogão, de alumínio 100% reciclado. Sim, frigideiras, grelhadores e caçarolas com tampas de vidro eco-friendly, que têm ainda uma estética passível de exibir com orgulho à mesa num almoço com convidados.

Notícias ao Minuto © hôma  

Pegando na referência ao vidro, este é sem dúvida outro dos grandes parceiros de quem queira investir numa decoração 'verde'. Ao ser 100% e infinitamente reciclável, mantendo os seus atributos originais, investir no vidro, designadamente de produção nacional, é investir na redução do desperdício e na economia local. Matéria-prima para uma vasta variedade de peças funcionais, como frascos e jarras, o vidro sem dúvida contribui ainda para conferir charme decorativo à casa.

Notícias ao Minuto © hôma  

Por outro lado, agora que as festas já se compadecem com um mais alargado número de convidados, quererá poder contar lá em casa com pratos, copos, taças e palhinhas biodegradáveis - descartáveis eco que lhe pouparão muito tempo evitando ter de lavar infindáveis pilhas de loiça. Ora, há três matérias-primas privilegiadas para produzir estes descartáveis, são elas o cartão de fibra fresca, a cana-de-açúcar e a folha de palma. Todas elas são opções muito válidas em matéria de consciência ambiental, ao serem 100% recicláveis, 100% biodegradáveis, 100% compostáveis e zelando pela saúde dos oceanos.

Notícias ao Minuto © hôma  

Comprar ecopontos caseiros e caixas de arrumação produzidos com materiais reciclados e recicláveis é outra das possibilidades numa lista de propostas eco-sustentáveis, assim como elegantes vasos que conjuguem madeira com outras matérias-primas.

Os têxteis também são para aqui chamados

Também os têxteis têm uma palavra a dizer quando o tema é a sustentabilidade ecológica. Escolher toalhas e roupões de banho, lençóis e capas de almofada de linho é uma opção vencedora, quer a nível da forma como são produzidos - sem irrigação artificial ou organismos geneticamente modificados - quer, depois, da sua elevada durabilidade. Mas não só. Em termos de decoração, o linho simboliza uma preferência refinada, reunindo ainda um vasto leque de outras vantagens como garantia de conforto independentemente da estação do ano, respirabilidade, resistência de cor, fácil manutenção, ou o facto de ter propriedades antialérgicas.

Notícias ao Minuto © hôma  

Além do linho, o poliéster reciclado retirado dos oceanos é outra aposta certeira no que toca a uma preocupação ambiental relacionada com têxteis, podendo revestir, a título de exemplo, almofadas decorativas.

Notícias ao Minuto © hôma  

Em termos mais gerais, favorecer peças de decoração de origem nacional é outro valioso contributo rumo à redução da pegada ecológica. Abundam, de resto, produtos nacionais - nomeadamente de mobiliário - que aliam um design moderno ao tradicional selo de qualidade do que é português.

Notícias ao Minuto © hôma  

Não se esqueça, assumir uma postura eco-sustentável na decoração é um win-win: ganha a sua casa e ganha o planeta. E nas lojas da hôma - Happy Home Living pode firmar este compromisso para com o futuro!

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório