Meteorologia

  • 27 JUNHO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 23º

Sofre do mesmo problema de Jada Smith? Temos boas notícias para si

Há uma nova 'luz ao fundo do túnel'.

Sofre do mesmo problema de Jada Smith? Temos boas notícias para si
Notícias ao Minuto

14:45 - 29/03/22 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Alopecia

Ao que tudo indica,  um medicamento utilizado para tratamento de artrite reumatoide (baricitinib) poderá assumir-se como uma opção viável para o tratamento de um terço dos casos severos de alopecia, sugere um estudo publicado no The New England Journal of Medicine, financiado pela farmacêutica Eli Lilly and Company e ainda a decorrer. 

As descobertas "dizem-nos que podemos aliviar parte do sofrimento desta terrível doença", diz Brett King, um investigador da Universidade Yale, nos Estados Unidos, citado pela ScienceAlert. O alegado 'sucesso' do fármaco deve-se à presença de uma proteína, Janus kinase ou JAKs. 

Para chegarem a esta conclusão, os investigadores dividiram 1200 pacientes em três grupos. Os participantes receberam placebo, duas miligramas de baricitinibe ou quatro miligramas do medicamento durante 36 semanas. Quem recebeu quatro miligramas de baricitinibe obteve os resultados mais positivos. 

Ainda assim, os investigadores dão conta dos efeitos secundários: acne, infeção das vias respiratórias, dores de cabeça e, entre outros, níveis elevados de colesterol. Além disso, o fármaco também pode diminuir a capacidade do sistema imunitário de defender o corpo de ameaças reais, tendo-se verificado anteriormente um aumento das infecções naqueles que utilizam o medicamento para a artrite.

Recorde-se que Jada Pinkett Smith, a mulher de Will Smith, sofre de alopecia, uma condição natural em que o cabelo se torna gradualmente mais fino com o avançar da idade. Esta doença faz com que existam mais folículos capilares a entrar na fase de repouso e os restantes cabelos ficam mais curtos e menos numerosos.  

Foi em julho de 2021 que, incentivada pela filha Willow, a atriz decidiu rapar o cabelo e assumir publicamente o problema de queda de cabelo, com o qual lida há já três anos. Porém, desde domingo que o tema faz correr mais tinta do que nunca. Uma piada sobre a doença esteve na origem da insólita bofetada de Will Smith a Chris Rock, durante a 94.ª cerimónia dos Óscares no Dolby Theatre, em Los Angeles, que decorreu este domingo.

"Jada, adoro-te. Mal posso esperar pelo ‘G.I .Jane 2'", disse Chris Rock, numa referência ao filme de 1997 em que a personagem principal, interpretada por Demi Moore, rapa a cabeça. Smith não gostou e subiu ao palco do Dolby Theatre para esbofetear o humorista.

Leia Também: Chris Rock não sabia que Jada Pinkett Smith tinha uma doença, diz fonte

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório