Meteorologia

  • 19 MAIO 2022
Tempo
28º
MIN 14º MÁX 29º

O sinal na sua passada que pode indicar se vai morrer nos próximos 3 anos

Enquanto um pequeno passeio pode ser uma atividade ligeira para uns, para outros pode ser tremendamente cansativo.

O sinal na sua passada que pode indicar se vai morrer nos próximos 3 anos
Notícias ao Minuto

08:57 - 28/01/22 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Morte prematura

Se tem mais de 60 anos e se sente cansado após a prática de exercícios leves ou até mesmo após socializar, tal pode indicar a possibilidade de morte prematura, reporta um artigo publicado pelo jornal The Sun. 

Cientistas da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, dizem que se se sentir particularmente cansado depois de uma caminhada ou da realização de uma tarefa doméstica simples, pode ter um risco superior de morrer nos próximos três anos.

O novo estudo incluiu 2.900 idosos com mais de 60 anos - o primeiro do género.

Os participantes avaliaram numa escala de um a cinco o quão cansados normalmente se sentiam após fazerem várias atividades. 

Leia Também: Treinar de manhã ou à tarde? O horário mais eficaz para perder peso

As atividades também incluíram jardinagem, ver televisão, socializar com amigos e treino de força. 

A cada adulto foi dada uma escala de 'fadiga' entre 0 (baixo) e 50 (alto) para indicar o quão fatigados se sentiam após o exercício.

De acordo com achados publicados no Journal of Gerontology, aqueles que tiveram uma pontuação mais elevada apresentavam uma maior probabilidade de morrer no período de seguimento.

Entretanto, aqueles que alcançaram uma pontuação superior a 25 estavam mais do que o dobro propensos a falecer nos próximos 2,7 anos, em comparação com outros que pontuaram abaixo dos 25 pontos. Sendo que os investigadores levaram em conta outros fatores de risco com a idade e o género.

O estudo sugere assim que sentir-se cansado após fazer exercício não está diretamente ligado à morte, mas é sim um marcador para outros problemas de saúde subjacentes.

A autora principal da pesquisa, a Dra. Nancy Glynn, disse: "esta é a época do ano em que as pessoas fazem resoluções de Ano Novo com o intuito de praticarem mais atividade física". 

"Espero que as nossas descobertas encorajem a manter os objetivos de fazer exercício". 

"Pesquisas anteriores indicam que fazer mais atividade física pode reduzir o grau de fadiga", acrescentou a investigadora. 

"O nosso estudo é o primeiro a ligar a fadiga física mais severa à morte prematura. Por outro lado, pontuações mais baixas indicam maior energia e maior longevidade". 

Glynn sublinhou ainda que uma das melhores formas de aumentar o nível de atividade consiste em estabelecer pequenas metas, como uma caminhada regular.

Leia Também: Idade biológica da retina pode indicar risco de morte prematura

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório