Meteorologia

  • 27 JANEIRO 2022
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

SARS-CoV-2 pode permanecer no organismo durante 68 dias, diz estudo

Eis as conclusões de um novo estudo realizado por cientistas do Reino Unido.

SARS-CoV-2 pode permanecer no organismo durante 68 dias, diz estudo

O SARS-CoV-2, vírus responsável por provocar Covid-19, pode permanecer no organismo humano durante 68 dias, aponta um estudo da Universidade de Exeter, no Reino Unido, publicado no Journal of Infectious Diseases.

Os cientistas sugerem que os doentes infetados podem permanecer contagiosos por mais de dois meses. Segundo os investigadores, 13% dos infetados são infeciosos após 10 dias de quarentena. Em casos extremos, os infetados podem permanecer contagiosos durante 68 dias.

Para chegarem a estas conclusões, os investigadores realizaram um novo teste em 176 pessoas, que acusaram positivo em testes PCR, para determinar se a Covid ainda estaria ativa. "Ainda que este seja um estudo relativamente pequeno, os resultados sugerem que o vírus potencialmente ativo pode, por vezes, perdurar durante 10 dias e representar um potencial risco de transmissão", refere Lorna Harries, professora da Universidade de Exeter Medical School e uma das autoras do estudo, em comunicado.

Leia Também: Ómicron causa doença menos grave (mesmo em não-vacinados), revela estudo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório