Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2022
Tempo
22º
MIN 22º MÁX 37º

Ómicron vs. vacinas: Afinal, nova variante é ou não mais resistente?

Há novos dados. Entenda.

Ómicron vs. vacinas: Afinal, nova variante é ou não mais resistente?
Notícias ao Minuto

09:25 - 04/01/22 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Covid-19

Um estudo realizado por investigadores da University of Copenhagen, Statistics Denmark e do Statens Serum Institut, na Dinamarca, revela que a variante Ómicron é mais resistente às vacinas atualmente em distribuição, em comparação com a Delta.

Para os cientistas, esta pode ser a explicação para a rápida propagação da Ómicron face a variantes identificadas anteriormente. "As nossas descobertas confirmam que a rápida disseminação da Ómicron pode ser atribuída sobretudo à fuga imunológica e não a um aumento inerente da transmissibilidade básica", dizem os autores do estudo, que aguarda a revisão dos pares. 

Após analisarem dados de cerca de 12 mil famílias dinamarquesas, os cientistas estimam que a Ómicron seja entre 2,7 e 3,7 vezes mais infeciosa entre os vacinados do que a variante Delta. Além disso, o grupo descobriu ainda que as pessoas vacinadas com a dose de reforço têm uma menor probabilidade de transmitir o vírus, independentemente da variante.

Em Portugal, já foram administradas mais de três milhões de doses de reforço contra a Covid-19 e mais de 2,4 milhões de doses da vacina contra a gripe, das quais aproximadamente 477 mil em farmácias. Mais de um milhão de pessoas receberam as vacinas de reforço contra a Covid-19 e contra a gripe em simultâneo, segundo dados divulgados, esta terça-feira, pela Direção-Geral da Saúde.

Recorde-se que as células do sistema imunitário responsáveis por eliminar outras que estejam infetadas pela Covid-19 demonstraram uma resposta robusta contra a Ómicron, evitando, assim, que a maioria das infeções progrida para um quadro considerado crítico, segundo um estudo realizado na África do Sul, em pré-publicação, divulgado no dia 30 de dezembro de 2021.

Desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta da nova variante, a 24 de novembro, foram notificadas infeções em, pelo menos, 110 países. Atualmente, a Ómicron é dominante em Portugal. 

Leia Também: Ómicron: Terceira dose reduz em 81% risco de hospitalização

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório