Meteorologia

  • 16 SETEMBRO 2021
Tempo
21º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Duas variantes do coronavírus fundiram-se para criar um híbrido. Entenda

Cientistas alertam que duas variantes do coronavírus fundiram-se, suscitando preocupações sobre o curso da evolução do vírus.

Duas variantes do coronavírus fundiram-se para criar um híbrido. Entenda

O vírus híbrido formou-se após a junção das variantes de Kent/britânica e californiana que acabaram por infetar simultaneamente uma pessoa.

A estirpe de Kent (B.1.1.7) propaga-se mais facilmente e é considerada como sendo mais letal, enquanto a variante californiana (B.1.429) demonstra alguma capacidade de escapar à imunidade.

Esta nova variante, que ainda não tem nome, foi detetada num laboratório no novo México, de acordo com um artigo publicado na revista científica New Scientist

É normal que o vírus evolua com o passar do tempo e os cientistas afirmam que como tal é previsível o aparecimento de estirpes alternativas. 

Atualmente, ainda não é claro quantas pessoas podem estar infetadas com esta nova variante hibrida

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório