Meteorologia

  • 19 JANEIRO 2021
Tempo
12º
MIN 4º MÁX 14º

Edição

Natal. Lidl desafia portugueses a decorarem as suas portas de casa

A marca lança o ‘Movimento de Natal à sua Porta’, "para que esta época mágica continue a ser vivida a 100%, de forma emotiva e divertida", dizem em comunicado.

Natal. Lidl desafia portugueses a decorarem as suas portas de casa

Naquele que é um ano diferente, o Lidl desafia portugueses a decorarem as suas portas de casa e a mostrarem como um Natal mais resguardado pode ser igualmente feliz.

Assim, a marca lança o ‘Movimento de Natal à sua Porta’, "para que esta época mágica continue a ser vivida a 100%, de forma emotiva e divertida", dizem em comunicado.

A iniciativa, lançada a 26 de novembro no Facebook da marca, pretende desafiar as famílias portuguesas "a decorarem a sua porta de casa de uma forma original, premiando as 10 mais criativas, de acordo com a fotógrafa Rita Ferro Alvim, enquanto especialista na área de fotografia e impulsionadora dos ‘Retratos à Porta’ em Portugal, que iniciou durante o confinamento, com o intuito de dar alento aos portugueses, numa época nunca antes vivida, e para a qual juntou fotógrafos de norte a sul do país", acrescentam.

Os vencedores terão a oportunidade de receber uma sessão de ‘Retratos de Natal à Porta’, editadas pela fotógrafa, e um cartão no valor de 50€ a ser utilizado em qualquer uma das lojas Lidl a nível nacional.

As participações terminam no próximo dia 18 de dezembro às 23h59.

Saiba mais aqui.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório