Meteorologia

  • 30 NOVEMBRO 2020
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

Bruxismo, formas de controlar um hábito 'terrorífico'. Médico explica

O médico dentista Ramiro Loureiro explica formas de controlar e atenuar este problema.

Bruxismo, formas de controlar um hábito 'terrorífico'. Médico explica

Não estamos a falar de bruxas, trata-se sim de uma condição de saúde séria e que exige cuidados. Comummente conhecido como o ato de ranger os dentes, o bruxismo refere-se à atividade involuntária e repetitiva dos músculos responsáveis pela mastigação, o que leva o indivíduo a apertar ou a ranger os dentes de forma prejudicial.

Apesar de ser um hábito normalmente associado ao sono, também pode ocorrer durante o dia e é sobretudo causado por situações de stress e ansiedade, distúrbios de sono, predisposição genética, alterações no sistema nervoso central ou inclusive a toma de certos medicamentos.

Leia Também: Bruxismo, o problema noturno que espelha a nossa mente

Ramiro Loureiro, médico dentista e Diretor Clínico da MALO CLINIC Coimbra, explica que "este é um hábito que se pode mesmo transformar num terror e que não tem uma cura mágica. O Bruxismo pode ter um grande impacto na qualidade de vida, sendo que muitas vezes origina fortes dores musculares e de cabeça, para além do acentuado desgaste dentário que pode vir a resultar em dificuldades na mastigação e alterações na harmonia do sorriso. É necessário estarmos atentos aos nossos comportamentos, dores musculares e a relatos por parte de terceiros. E é sem dúvida indispensável ir frequentemente ao dentista não só para que este possa reparar em sinais de desgaste ou fraturas, mas também para aconselhar o que será melhor para cada caso". 

Ramiro Loureiro dá três conselhos para prevenir e atenuar este hábito

Uso de goteira oclusal: a principal solução para controlar os efeitos do bruxismo é a utilização de uma goteira oclusal, um dispositivo que se coloca sobre os dentes e que opera como uma barreira contra o desgaste dentário, evitando o contacto entre os dentes. Normalmente é usada durante o sono e, embora não seja uma cura, é uma forma de prevenir danos dentários.

Procure relaxar: exercícios de relaxamento, caminhar, fazer meditação, correr, tudo o que ajuda a relaxar a mente e a descontrair o corpo deve ser experimentado e adotado na tentativa de gerir este hábito.

Procurar ajuda de um psicólogo e fazer psicoterapia também é uma opção que pode não só ajudar a reduzir o stress, como a entender a causa do problema e assim encontrar um método mais eficaz para o controlar. 

Modificar hábitos alimentares: deve evitar o consumo excessivo de alimentos e bebidas que contenham cafeína, como refrigerantes, chocolates ou café, bem como bebidas alcoólicas. É ainda importante evitar mastigar pastilha elástica, uma vez que intensifica a atividade dos músculos da mastigação.

Leia Também: Sofre de insónias? Quatro distúrbios que podem prejudicar o seu sono

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório