Meteorologia

  • 08 AGOSTO 2020
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 31º

Edição

Máscara reduz risco de infeção por coronavírus até 65%, dizem médicos

Investigadores da Universidade da California Davis Children's Hospital afirmam que a descoberta reforça que "as máscaras funcionam e são muito importantes".

Máscara reduz risco de infeção por coronavírus até 65%, dizem médicos

Um novo estudo aponta que usar máscara pode reduzir o risco de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19, até 65%. 

Investigadores da Universidade da California Davis Children's Hospital afirmam que a descoberta reforça que "as máscaras funcionam e são muito importantes".

Dean Blumberg, chefe do departamento de pediatria de doenças infeciosas na UC Davis Children’s Hospital, disse em entrevista ao site daquela instituição de ensino superior: "não sabemos quem pode transmitir o vírus. Sabemos sim que o distanciamento social diminui o risco de propagação até 90%, e que utilizar máscara diminui a probabilidade de infeção até 65%". 

"Todos devíamos usar máscara. Quem diz que as máscaras não funcionam está a ignorar as provas científicas que temos. Não se trata de uma crença. É a mesma coisa que dizer, 'não acredito na gravidade'. 

Acrescentando: "pessoas que não usam máscara estão a aumentar o risco de propagação do coronavírus para todos nós, e não apenas as pessoas com quem estão em contacto direto". 

"Está a ser um membro irresponsável da comunidade se opta por não usá-la", concluiu Dean Blumberg

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório