Meteorologia

  • 08 AGOSTO 2020
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 31º

Edição

Afinal, quanto tempo leva uma pessoa para se recuperar da Covid-19?

Para as pessoas infetadas com o novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19, com quadros graves da doença, o processo de recuperação pode ser bastante longo.

Afinal, quanto tempo leva uma pessoa para se recuperar da Covid-19?

Conforme aponta um artigo da BBC, quanto mais invasivo e prolongado for o tratamento, mais tempo demora o processo de convalescença. 

E se o doente experienciar somente sintomas ligeiros?

A grande maioria das pessoas que adoecem com Covid-19 têm apenas sintomas ligeiros, que normalmente incluem febre ou tosse seca persistente. Podendo ainda experienciar dores no corpo, na garganta e dor de cabeça, além de fadiga extrema.

Sintomas esses que regra geral não carecem de internamento hospitalar e são tratados com descanso, consumo regular de líquidos e medicamentos analgésicos, tais como paracetamol.

Para este grupo de doentes, o tempo de recuperação tende a ser relativamenete rápido. De acordo com um relatório emitido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre dados de pacientes chineses, nesses casos, a recuperação decorre, em média, num período de quinze dias. 

E quando os sintomas são mais graves?

Para alguns pacientes a partir dos sete ou dez dias desde o começo da infeção os sintomas pioram significativamente.

Torna-se cada vez mais difícil respirar e os pulmões ficam inflamados. E como tal alguns doentes têm de ser hospitalizados para receber oxigénio.

"A falta de ar pode levar um tempo considerável para melhorar", explica à BBC a médica britânica Sarah Jarvis.

De acordo com Jarvis, perante estes quadros mais severos, o tempo de recuperação pode prolongar-se entre duas a oito semanas, e a sensação de fadiga persiste. 

E se necessitar de ser internado nos cuidados intensivos?

Um estudo da OMS estima que um em cada 20 indivíduos terá de ser internado nos cuidados intensivos, o que pode incluir sedação e ligação a ventilador. 

Segundo a médica Alison Pittard, reitora da Faculdade de Medicina de Cuidados Intensivos do Reino Unido, nestes casos o regresso à vida normal pode levar entre 12 a 18 meses.

Quando o paciente passa muito tempo deitado numa cama hospitalar perde massa muscular. Por outras palavras, os pacientes irão experienciar fraqueza e os músculos irão precisar de tempo para se fortalecerem. Muitos têm de fazer fisioterapia para voltar simplesmente a porem-se de pé e a andar. 

Adicionalmente, o stress ao qual o corpo foi sujeito nos cuidados intensivos pode ainda provocar delírios nos doentes e outros problemas ou traumas psicológicos, que por sua vez podem demorar meses ou anos a desaparecerem. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório