Meteorologia

  • 14 AGOSTO 2020
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 26º

Edição

Covid-19. Este é o tipo de personalidade que acumula papel higiénico

Foi ou ainda é 'essa' pessoa? Entenda.

Covid-19. Este é o tipo de personalidade que acumula papel higiénico

O início da pandemia da Covid-19, ficou marcada por um comportamento perpetuado a nível mundial bastante peculiar: pessoas que invadiram os supermercados e compraram embalagens e mais embalagens de papel higiénico.

Mas afinal, o que explica este comportamento?

Investigadores do Instituto Max Planck de Antropologia Evolutiva, na Alemanha, decidiram realizar um estudo que analisasse a questão, conforme avança um artigo publicado na revista Galileu. 

Leia Também: Covid-19 e a psicologia da loucura do papel higiénico. Psicóloga explica

Para efeitos daquela pesquisa, os cientistas recrutaram 1.029 adultos de 35 países diferentes através das redes sociais.

Os voluntários foram convidados a realizar um teste denominado Brief HEXACO Inventory, entre os dias 26 e 29 de março, que categoriza seis tipos vastos de personalidade. Adicionalmente, os indivíduos partilharam com os cientistas informações demográficas, o índice de ameaça devido à Covid-19, os seus comportamentos durante a quarentena ou isolamento e o consumo de papel higiénico nas semanas prévias à pesquisa. 

No fim, os académicos discerniram que a sensação de ameaça, imprevisibilidade e medo provocada pela pandemia foi o principal elemento que fez muitos de nós acumularem papel higiénico. Ou seja, quanto mais insegura e ameaçada a pessoa se sentisse, maior a probabilidade de comprar quantidades exorbitantes do item. 

A personalidade dos 'acumuladores

Contudo, para 20% dos casos, essa ação foi perpetuada por pessoas mais ansiosas, perfecionistas, organizadas e que gostam de ter todos os aspetos da sua vida sob controlo.

Mais ainda, a pesquisa apurou que os idosos foram os maiores acumuladores de papel higiénico. E a nível mundial, os Estados Unidos adquiriram mais o produto comparativamente aos países europeus. 

"A ameaça da Covid-19 parece ser um gatilho extremamente relevante para o armazenamento de papel higiénico. Todavia, ainda estamos longe de compreender esse fenómeno de forma mais abrangente", explicou Theo Toppe, co-autor do estudo.

Leia Também: Alternativas ao papel higiénico, detergente para a louça e roupa

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório