Meteorologia

  • 05 JULHO 2020
Tempo
35º
MIN 18º MÁX 37º

Edição

Estudo mostra como o confinamento afetou a obesidade infantil

Os investigadores examinaram 41 crianças com excesso de peso de Verona, Itália, e descobriram que as suas dietas, padrões de sono e níveis de exercício foram todos impactados negativamente pelas medidas de confinamento.

Estudo mostra como o confinamento afetou a obesidade infantil

Crianças que já eram obesas ou tinham excesso de peso antes da Covid-19, provavelmente viram a sua condição física piorar nos últimos meses de confinamento, segundo um novo estudo da Universidade de Buffalo.

Os investigadores examinaram 41 crianças com excesso de peso de Verona, Itália, e descobriram que as suas dietas, padrões de sono e níveis de exercício foram todos impactados negativamente pelas medidas de confinamento.

Durante os meses de março e abril, as crianças examinadas estavam a comer uma refeição extra por dia, consumiram mais 'junk food' e carne vermelha e beberam mais bebidas açucaradas. Além disso, dormiam mais meia hora e passavam quase cinco horas adicionais à frente de um ecrã, todos os dias. Simultaneamente, a frequência do exercício caiu quase duas horas por semana.

Ainda assim, as crianças não alteraram o regime habitual de consumo de vegetais. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório