Meteorologia

  • 06 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Consumo moderado e frequente deste doce "pode ajudar a emagrecer"

Comer moderada e regularmente chocolate pode ajudar positivamente no processo de emagrecimento, sugerem os dados apurados de um estudo realizado por investigadores da Universidade da Califórnia em San Diego, nos Estados Unidos.

Consumo moderado e frequente deste doce "pode ajudar a emagrecer"
Notícias ao Minuto

14:15 - 23/03/20 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Alimentos que emagrecem

De acordo com um artigo publicado na BBC, o estudo englobou uma população de 1.081 pessoas, entre os 20 e os 85 anos (saudáveis e sem antecedentes de doenças cardiovasculares ou diabetes) e analisou as suas dietas, ingestão de calorias e Índice de Massa Corporal (IMC), que mede obesidade.

Segundo o estudo divulgado no periódico científico Archives of Internal Medicine, embora o chocolate seja um alimento calórico, contém ingredientes que favorecem a perda de peso, e contrariam a acumulação de gordura corporal e visceral. Como tal, o chocolate pode sim, nas palavras dos investigadores "ajudar na redução do IMC". 

"O chocolate mostrou (ter) associações metabólicas favoráveis com os níveis de pressão sanguínea, sensibilidade à insulina (hormona que promove a absorção de glicose pelas células) e ao nível do colesterol", sublinha a pesquisa. "É rico em antioxidantes que podem contribuir para a sensibilidade à insulina e pressão sanguínea". 

Os académicos apontam que o mais importante a ter em conta é a frequência com que o chocolate é ingerido, e não a quantidade. Sendo assim, aponta a pesquisa, "a hipótese é de que os benefícios do consumo moderado e frequente pode ajudar na redução do armazenamento de gordura, potencialmente contrabalançando as calorias adicionadas".

A importância da composição das calorias

A principal autora da pesquisa, Beatrice Golomb, diz que os resultados sugerem que "a composição das calorias, e não apenas o seu número, importa para determinar seu impacto final no peso (do indivíduo)".

Golomb e sua equipa creem, a partir de estudos feitos com roedores, que os compostos antioxidantes presentes no chocolate também podem melhorar a massa muscular e a reduzir o peso.

Camundongos alimentados durante 15 dias com um antioxidante do tipo catequina melhoraram o seu desempenho na prática de exercício físico e apresentaram mudanças impressionantes na sua composição muscular. Agora, dizem os especialistas, são necessários testes clínicos para verificar se o mesmo processo se repete nos seres humanos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório