Meteorologia

  • 01 ABRIL 2020
Tempo
14º
MIN 7º MÁX 14º

Edição

Mito ou facto: Afinal, o stress causa o aparecimento de cabelos brancos?

Provavelmente, até que tenha sido durante a infância, já foi em algum momento tão irritante que foi acusado de estar a provocar cabelos brancos a alguém, quem sabe aos seus pais ou professores… e ao que parece não se trata de mito – segundo a ciência, o stress contribui realmente para o aparecimento de cabelos brancos.

Mito ou facto: Afinal, o stress causa o aparecimento de cabelos brancos?
Notícias ao Minuto

09:23 - 23/01/20 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Cabelos brancos

Uma equipa de cientistas da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, juntamente com investigadores do Centro de Pesquisa em Doenças Inflamatórias, da Fapesp, no Brasil, revelaram num estudo divulgado pelo periódico Nature, que a despigmentação capilar pode ocorrer mais precocemente em indivíduos que vivam constantemente sob stress ou que tenham passada por algum evento traumático.

"O nosso laboratório é sobre dor. Então injetamos uma toxina que gerava dor acentuada em camundongos. A partir daí, observámos que os animais ficavam com pelos brancos após quatro semanas. Foi inesperado", explicou o cientista Thiago Mattar Cunha à BBC News Brasil.

Durante a experiência, os cientistas detetaram que o sistema nervoso simpático tem uma ligação extremamente próxima com o stress.

O sistema nervoso simpático está incumbido de controlar as respostas do organismo em situações de perigo por meio do envio de uma onda de adrenalina e cortisol, o que faz com que o coração bata mais rapidamente, a pressão arterial suba, a respiração acelere e as pupilas fiquem dilatadas. Este processo está a preparar o corpo o mais brevemente possível para uma luta ou fuga.

O estudo

Conforme conta a BBC Brasil, os cientistas aperceberam-se da correlação entre stress e o aparecimento de fios brancos após injetarem, durante três dias seguidos, uma substância chamada resiniferatoxin — extraída da planta Euphorbia resinifera, parecida com um cato, que provoca dores fortes e, consequentemente, um enorme sentimento de stress em camundongos com pelos pretos.

"Cerca de quatro semanas após a injeção sistémica da toxina, um aluno de doutoramento observou que os animais estavam com os pelos completamente brancos. Aparecia em cerca de 30% a 40% dos pelos. Quanto maior o stress, mais pelos brancos", afirmou Thiago Mattar Cunha.

Boas notícias

Felizmente, os investigadores também descobriram uma forma de impedir esse surgimento dos pelos brancos. Identificaram que o stress associado à dor causava o ‘amadurecimento’ das células-tronco melanocíticas dentro do bulbo capilar, responsáveis pela produção de melanina, o pigmento que colora o cabelo.

"Tratamos os animais com guanetidina, um anti-hipertensivo capaz de inibir a neurotransmissão pelas fibras simpáticas e observamos que o processo de embranquecimento capilar foi bloqueado", afirmou Cunha.

Ainda assim, o cientista alerta que ainda será necessário a realização de mais pesquisas na tentativa de criar um medicamento que evite o aparecimento de cabelos brancos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório