Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2020
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 21º

Edição

Afinal, o que faz melhor: Comer o ovo inteiro, apenas a clara ou a gema?

O ovo é um dos alimentos de destaque num regime alimentar variado e equilibrado, mas existem ainda muitas dúvidas quanto à melhor forma de o consumir.

Afinal, o que faz melhor: Comer o ovo inteiro, apenas a clara ou a gema?
Notícias ao Minuto

14:55 - 22/01/20 por Notícias Ao Minuto 

Lifestyle O dilema do ovo

De vilão a melhor amigo, o ovo é um dos protagonistas da alimentação atual. Rico em vitaminas e minerais e detentor de níveis de proteína e gordura saudáveis benéficos para o organismo, este alimento de origem animal é dos mais consumidos em todo o mundo. Porém, a verdade é que o ovo ainda suscita muitas duvidas. 

Afinal, qual é a melhor forma de os consumir: inteiros, somente a clara ou apenas a gema?

Esta última opção, a clara, é geralmente eleita pelos desportistas, uma vez que é quase isenta em gordura e altamente proteica. Todavia, segundo um estudo publicado na revista científica American Journal of Clinical Nutrition, o melhor é mesmo consumir o ovo inteiro.

De acordo com a investigação da Universidade de Illions, nos Estados Unidos, e citada pela revista Veja, os atletas que consomem ovos inteiros após o treino apresentam uma síntese de proteína 40% superior do que aqueles que optam apenas pela clara.

Por síntese de proteína entende-se o processo biológico em que as células dão vida a novas proteínas no organismo. Para o estudo, os cientistas norte-americanos recorreram a dez homens saudáveis e que praticavam exercício regularmente. Metade ingeriu uma quantidade de ovos inteiros depois do treino, o equivalente a 17 gramas de gordura e 18 gramas de proteína e a outra metade cingiu-se apenas pelas 18 gramas de proteína provenientes de claras. 

Após terem sido realizadas análises sanguíneas e biópsias musculares, os investigadores notaram que tanto as claras como os ovos inteiros forneceram aos músculos a mesma quantidade de aminoácidos, entre 60% a 70%.

Os aminoácidos ficam disponíveis no sangue e ajudam a formar músculo. Contudo, somente os atletas que consumiram os ovos por completo (com a clara e a gema) é que apresentaram eficácia na construção muscular, sendo este o processo que dá vida à formação de músculo nesse caso cerca de 40% mais elevado, escreveu a Veja.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório