Meteorologia

  • 28 OUTUBRO 2020
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 20º

Edição

Muito além da tristeza: As cinco principais causas de depressão

A depressão normalmente é provocada por alguma situação perturbadora ou stressante que ocorre na vida, como a morte de um familiar, problemas financeiros ou divórcio.

Muito além da tristeza: As cinco principais causas de depressão

Todavia, também pode ser provocada pelo uso de alguns medicamentos ou em caso de doenças graves, como cancro ou VIH, por exemplo.

As pessoas que sofrem depressão normalmente sentem-se extrema e constantemente cansados, são afetadas por problemas no sono, ganho ou perda de peso, além de sentirem uma tristeza profunda. É importante procurar ajuda de um psiquiatra ou psicólogo para que se possa identificar a causa da depressão e iniciar o tratamento. 

O que causa a depressão

A depressão pode surgir em homens e mulheres de todas as idades, mas também pode afetar adolescentes ou idosos, e os cinco principais motivos de depressão incluem:

Acontecimentos marcantes na vida

Acontecimentos marcantes como divórcio, desemprego e o fim de um relacionamento amoroso são causas frequentes de depressão, mas as situações que favorecem o stress prolongado, como discussões frequentes no trabalho ou em casa também pode levar à depressão, já que podem fazer com que a pessoa passe a duvidar de si mesma e das suas capacidades.

Bullying ou chantagem emocional

Os traumas emocionais que podem surgir quando se é vítima de bullying ou se sofre uma chantagem emocional também pode levar à depressão. Quando a pessoa ouve insultos com frequência, com o passar do tempo pode realmente acreditar que são verdade, diminuindo a sua auto estima o que consequentemente favorece o estado depressivo. 

Doenças graves

O diagnóstico de doenças graves como AVC, demência, ataque cardíaco ou VIH, por exemplo, também pode causar depressão, já que são problemas que muitas vezes envolvem preconceito, enfrentar tratamentos dolorosos ou ter que conviver diariamente com o medo de morrer. E quando se trata de doenças crónicas como diabetes, síndrome do intestino irritável ou lúpus, há ainda um risco acrescido de sofrer com a doença mental já que é necessário alterar o estilo de vida e mudar a alimentação, deixando para trás alimentos que gosta mas que agora são prejudiciais.

Adicionalmente, os familiares que convivem com um doente ou que tratam diariamente de pessoas totalmente dependentes também podem ficar deprimidos devido ao cansaço físico ou mental, sofrendo constantemente com o receio de perder o ente querido.

Alterações hormonais

As alterações hormonais, principalmente a diminuição de estrogénio, que ocorre durante a gravidez, no pós-parto e na menopausa podem potenciar uma depressão. Além disso, a falta de ómega 3 no organismo também pode condicionar a patologia na medida em que diminui a capacidade da pessoa controlar as suas emoções e o humor.

Toma de fármacos

O uso frequente de medicamentos como Prolopa, Xanax, Zocor e Zovirax, podem causar depressão devido à redução da produção da serotonina, a hormona responsável pela sensação de bem-estar. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório