Meteorologia

  • 28 JANEIRO 2020
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Alerta: Oito sintomas de cancro no rim que não devem ser ignorados

Em Portugal o cancro do rim representa cerca de 1,8% de todos os tumores malignos, estimando-se que surjam cerca de 600 a 700 novos casos por ano.

Alerta: Oito sintomas de cancro no rim que não devem ser ignorados
Notícias ao Minuto

14:00 - 09/12/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Cancro no rim

Segundo informações disponibilizadas pelos hospitais CUF, as células epiteliais do rim formam a maior parte do órgão. No seu estado normal, estas células crescem e dividem-se em novas células, que são formadas à medida que vão sendo necessárias, a este processo chama-se regeneração celular.

Quando as células normais envelhecem ou são danificadas, morrem naturalmente. Quando as células perdem este mecanismo de controlo e sofrem alterações no seu genoma (DNA), tornam-se células de cancro, que não morrem quando envelhecem ou se danificam, e produzem novas células que não são necessárias de forma descontrolada, resultando na formação de um cancro.

Ao contrário das células normais, as células de cancro do rim não respeitam as fronteiras do órgão, invadindo os tecidos circundantes e disseminando a outras partes do organismo. A este processo dá-se o nome de metastização.

O cancro do rim representa 3% das doenças malignas que afetam os adultos em todo o mundo. Apesar de se tratar de um tipo de patologia cancerígena rara, trata-se do segundo tumor mais frequente do sistema urinário. Geralmente, desenvolve-se como um tumor único dentro de um rim, mas pode acontecer também surgirem dois ou até mais tumores dentro de um ou de ambos os órgãos simultaneamente.

O número de casos novos tem aumentado em todo o mundo nas últimas décadas, sobretudo nos países industrializados. Uma possível razão para esse aumento pode estar relacionado ao maior acesso a exames de imagem, como tomografias computadorizadas, ultrassons e a ressonâncias magnéticas, que permitem a identificação da doença ainda em estágio precoce.

A literatura médica descreve o cancro do rim como uma doença silenciosa, que ocorre com mais frequência em pessoas com mais de 65 anos.

Sintomas

Ainda de acordo com a CUF, os sintomas de cancro do rim não são exclusivos, podem aparecer noutras doenças como infecções ou quistos benignos do rim. O facto de ter um ou mais dos sintomas aqui descritos não significa que tem cancro do rim.

Todavia, deverá estar atento e consultar o seu médico se tiver os seguintes sintomas:

- Sangue ao urinar;

- Aparecimento duma massa na região lombar de um dos lados;

- Dor lombar de um dos lados que não passa;

- Perda de apetite;

- Perda de peso sem razão aparente;

- Anemia;

- Febre;

- Fadiga.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório