Meteorologia

  • 24 FEVEREIRO 2020
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 22º

Edição

As duas bebidas quentes (e deliciosas) que reduzem cancro da próstata

Expresso e cappuccino podem reduzir risco de tumores na próstata.

As duas bebidas quentes (e deliciosas) que reduzem cancro da próstata
Notícias ao Minuto

13:00 - 25/11/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Combate ao cancro da próstata

Efeito pode estar associado a algum componente químico independente da cafeína presente nestas e em outras receitas tipicamente italianas de café, como moka e macchiato

Afirmar que café é totalmente saudável ainda provoca controvérsia. Porém, um levantamento realizado nos Estados Unidos e publicado, recentemente, pela revista Journal of the National Cancer Institute (JNCI), revelou que três ou mais chávenas diárias de receitas de café tipicamente italianas, como moka, expresso, além de combinações que adicionam leite, como café latte, macchiato e o famoso cappuccino, podem reduzir, significativamente, o risco de cancro da próstata. “Esta informação foi obtida por meio de recolha de dados epidemiológicos locais. Porém, é possível, em certa medida, considerarmos esta pesquisa como um parâmetro também para o nosso dia-a-dia”, afirma o oncologista do Hospital do Coração (HCor), Auro Del Giglio.

O estudo estabeleceu uma relação inversa entre o consumo de diferentes estilos de café e o risco de cancro da próstata verificado numa amostra de cerca de 50 mil homens envolvidos num vasto estudo epidemiológico em andamento, intitulado 'The Health Professionals Follow-up Study'. "Ao aderir à pesquisa, cada participante preencheu questionários que avaliavam tanto a sua ingestão diária de café, quanto a sua dieta diária por, aproximadamente, 20 anos", acrescenta o médico.

Durante o período de realização do estudo, foram constatados cem novos casos de cancro da próstata entre os participantes. Utilizando tais ocorrências como parâmetro, a pesquisa identificou uma redução de 18% do risco de cancro da próstata em participantes que bebiam mais de três chávenas dos tipos italianos de café, comparativamente àqueles que bebiam até duas chávenas de café do mesmo tipo por dia. Células de cancro da próstata dos participantes que desenvolveram a doença, durante a pesquisa, também foram analisadas. “Quando os investigadores avaliaram os dados de acordo com o teor de cafeína, ou seja se houve ingestão de bebida cafeinada ou descafeinada, não se registou diferença alguma na capacidade protetiva para desenvolvimento do tumor. Portanto este efeito deve ser atribuído a algum componente diferente da cafeina", afirma Del Giglio.

O médico acrescenta que este é um estudo epidemiológico que aponta para uma associação inversa e significativa entre consumo de café e cancro da próstata. "Todavia, estudos como este não estabelecem uma relação causal entre cancro da próstata e consumo de café, de forma que não podemos, com estes dados, recomendar o aumento do consumo deste tipo de bebida", ressalva o oncologista do HCor.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório