Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Oito sintomas de cancro do pâncreas que passam despercebidos

Todos os anos surgem em Portugal cerca de 500 casos novos de doentes com cancro do pâncreas. No Dia Mundial do Cancro do Pâncreas, que se assinalou esta quinta-feira, o Lifestyle ao Minuto relembra-lhe a importância de contrariar as causas deste tumor e de estar atento aos sinais de alarme.

Oito sintomas de cancro do pâncreas que passam despercebidos
Notícias ao Minuto

10:30 - 21/11/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Sintomas de cancro do pâncreas

A rede de hospitais CUF alerta que é a terceira neoplasia maligna mais frequente do tubo digestivo em Portugal e a segunda no mundo ocidental, após o cancro do cólon, e a quinta mais frequente causa de morte por cancro. A prevalência tem estabilizado nas últimas décadas. A maior parte dos casos ocorre entre os 35 e os 70 anos, com o pico da incidência no grupo etário entre os 55 e 74 anos. Os homens e as mulheres são igualmente afectados pela doença.

O cancro do pâncreas surge com a formação de células malignas neste órgão, que só costumam revelar a sua presença quando a doença já está bastante desenvolvida. Portugal vê surgir 1400 novos casos de cancro do pâncreas por ano e, segundo a Associação de Apoio ao Doente com Cancro Digestivo, em 2030 esta pode tornar-se a segunda principal causa de morte por cancro no mundo.

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) explica as causas, sintomas, diagnóstico e o tratamento do cancro do pâncreas:

Causas

Os avanços no combate à doença parecem tardar e por isso é importante saber quais os fatores de risco:

Fumar: O tabaco está diretamente ligado ao aparecimento do cancro do pâncreas. O risco de contrair a doença aumenta consideravelmente com o número de cigarros fumados e diminui significativamente 10 a 15 anos após a cessação do hábito de fumar.

Álcool: A ingestão de bebidas alcoólicas em excesso e de forma prolongada contribui para a libertação precoce das enzimas digestivas, o que aumenta a permeabilidade dos pequenos canais. Essa permeabilidade vai permitir a fuga de sucos digestivos para o tecido normal, o que pode levar ao aparecimento do cancro do pâncreas.

Alimentação: Uma alimentação baseada sobretudo em gorduras e carne aumenta significativamente o risco de se poder contrair a doença. Por outro lado, a ingestão de frutas e vegetais funciona como uma proteção.

Profissões de risco: Trabalhadores nas indústrias do petróleo, dos metais, gás natural e químicos.

Outros fatores de risco: sedentarismo, gastrectomia parcial, diabetes, pancreatites hereditárias, dermatomiosite (doença auto-imune da pele e músculos).

Sintomas

O cancro do pâncreas é uma doença silenciosa e o diagnóstico é regularmente feito tarde demais, uma vez que os sintomas demoram a revelar-se. Mas existem sinais aos quais se deve estar atento:

- Pele e olhos amarelados;

- Dor abdominal leve ou forte, que passa para as costas e se mantém ao longo do tempo (este sintoma aparece normalmente numa fase mais avançada da doença);

- Aumento do nível de glicose no sangue, que pode provocar o aparecimento de diabetes;

- Perda de apetite e problemas digestivos permanentes;

- Náuseas e vómitos;

- Comichão na pele;

- Perda de peso significativa;

- Urina escura e fezes esbranquiçadas ou com gordura.

Diagnóstico

Uma vez que os sintomas demoram a revelar-se, o diagnóstico é feito numa fase já tardia e avançada da doença (em 60% dos casos).

Há análises de sangue que podem confirmar a presença da doença, contudo para a confirmação do diagnóstico passa por:

- Tomografia Axial Computorizada;

- Ressonância Magnética;

- Ecografia;

- Endoscopia.

Tratamento

O único tratamento que cura efetivamente o cancro é a cirurgia radical, em que é retirado o pâncreas. Esta abordagem é a mais indicada, especialmente quando o cancro é detetado numa fase inicial. Quando não é possível fazer a cirurgia, o objetivo passa por prolongar a sobrevivência com a melhor qualidade de vida possível, com recurso a quimioterapia e a radioterapia, por si ou de forma combinada.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório