Meteorologia

  • 10 DEZEMBRO 2019
Tempo
10º
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Pessoas desfavorecidas vão poder corrigir problemas dentários em dezembro

A campanha 'Sorrisos Felizes & Contagiantes' está a ser organizada pela Smile.Up - clínicas dentárias e pela Cruz Vermelha Portuguesa.

Pessoas desfavorecidas vão poder corrigir problemas dentários em dezembro

'Sorrisos Felizes & Contagiantes' é uma campanha de responsabilidade social organizada pela Smile.Up - clínicas dentárias e pela Cruz Vermelha Portuguesa com o objetivo de prestar serviços de medicina oral a pessoas desfavorecidas que possam ser integradas no mercado de trabalho depois de corrigidos os seus problemas dentários.

A campanha vai decorrer durante todo o mês de dezembro, de norte a sul do país, nas mais de 45 clínicas Smile.up, que entregarão à Cruz Vermelha 1% da faturação realizada no último mês do ano.

O valor apurado na campanha será doado ao Fundo Solidário de Saúde Oral da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) e será usado em tratamentos dentários a pessoas fragilizadas em processo de reinserção social, facilitando a procura de um emprego ou a melhoria da sua situação laboral.

Ao ajudar pessoas desfavorecidas e com problemas dentários a reingressar na vida profissional, melhorando a sua qualidade de vida e a sua saúde, a Smile.up realiza a sua missão fundamental de instituição dedicada à saúde oral dos portugueses e cumpre um desígnio de responsabilidade que há muito acolheu no seu quadro de princípios corporativos.

“As empresas devem ter atenção aos problemas da sociedade. O Estado não é a única entidade que tem essa obrigação, cabe também à iniciativa privada poder ajudar um pouco nesse sentido.” frisou Fernando Barros, Diretor Financeiro da Smile.up, em comunicado. 

A seleção dos pacientes será feita pela Cruz Vermelha Portuguesa e enquadra-se numa prática de solidariedade ativa desta instituição, a que agora se associa a Smile.up, líder do setor de clínicas dentárias.

Para Francisco George, Presidente da Cruz Vermelha "a saúde oral é um problema grande no nosso país. É um problema que nos envergonha". O antigo diretor-geral da Saúde acrescenta. "É verdade que todos nós nascemos nos mesmos blocos, todos nós crescemos até aos 5 anos com as mesmas condições em termos de oportunidades, mas depois começam as desigualdades que refletem a estratificação social do nosso país".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório