Meteorologia

  • 12 NOVEMBRO 2019
Tempo
18º
MIN 12º MÁX 18º

Edição

O novo bartender do Zazah promete agitar a arte de criar cocktails

Pedro Poggio é conhecido pela sua ousadia e criatividade.

O novo bartender do Zazah promete agitar a arte de criar cocktails

O mixologista Pedro Poggio, responsável pela arte de preparar cocktails criativos, é a nova aposta do restaurante Zazah, o espaço que reúne pessoas, gastronomia, arte e boa música, no Príncipe Real.

Conhecido pela ousadia na preparação dos seus cocktails, o mixologista assina agora uma carta repleta de técnicas que refletem o espírito vivido no Zazah. Pedro Poggio aposta em combinações atípicas, com base em ingredientes frescos, frutas e especiarias e é entre infusões em "sous vide", clarificações e fermentados naturais que dá vida a cocktails que se destacam pela aplicação de um conceito sustentável na sua preparação, uma vez que utiliza a fruta na sua totalidade.

Brasileiro, carioca, nascido em Niterói, Pedro Poggio foi criado em Búzios. Sobrinho de um bartender e filho de um gerente de Food&Baverage, começou a misturar ingredientes aos 15 anos no restaurante do tio onde nasceu a sua paixão pelo mundo dos cocktails. A partir daí nunca mais saiu do bar. Fez diversas formações, somando a influência e apoio de profissionais de renome na área, e desenvolveu a sua carreira em diversas casas, ao lado de grandes chefs de cozinha.

O seu percurso profissional estende-se a Casas Brancas Boutique Hotel, em Búzios, onde foi chefe de bar, ao Belli Belli, o primeiro gastrobar de Búzios, cuja carta foi distinguida em 3 cocktails.

O Zazah é um projecto com dois anos de vida que se consolidou como um espaço que não pode ficar fora da agenda. Pensado ao pormenor com o propósito de unir pessoas, gastronomia, arte e boa música. A carta desenhada pelo Chef Moisés Franco, que privilegia os produtos portugueses, foi criada numa perspectiva de partilha e nos sabores e aromas do mundo. A garrafeira salta à vista e nela encontramos referências de várias regiões de Portugal e até bons rótulos franceses, italianos e espanhóis. As obras de arte em exposição permanente, são da autoria de artistas plásticos contemporâneos, portugueses e brasileiros. A curadoria ficou a cargo de Paulo Herknhoff, crítico e historiador de arte brasileiro, referência nacional e internacional na área.

Obras de João Louro, José Pedro Croft, Ascânio Monteiro, Dora Longo Bahia, fazem parte do acervo. O mapa que contempla a descoberta do Brasil pela Companhia das Índias, do artista plástico João Louro que representou Portugal na Bienal de Veneza, é uma das raridades que não passa despercebida, ocupando uma parede central do Zazah.

A música é outro elemento diferenciador no Zazah. Por isto tudo, o Zazah é o sítio certo para conviver, comer, beber e relaxar.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório