Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 16º

Edição

Pelos encravados na zona íntima? Resolva o problema

Um pelo encravado ocorre quando um pelo (geralmente um que foi removido com a pinça ou lâmina) volta a crescer na pele, ao invés de sair para o exterior da derme, de acordo com a Mayo Clinic, nos Estados Unidos.

Pelos encravados na zona íntima? Resolva o problema
Notícias ao Minuto

14:00 - 07/11/19 por Notícias Ao Minuto 

Lifestyle Pelos encravados

Quando o pelo encrava e permanece alojado na pele pode provocar inflamação e um inchaço vermelho na área.

Alyssa Dweck, MD, ginecologista de Westchester e professora clínica assistente na Monte Sinai School of Medicine, explicou à revista Women’s Health, que os pelos encravados são extremamente comuns entre os pacientes que preferem depilar com gillette. “Com a depilação com gillette ou a remoção de pelos, há uma pequena possibilidade de que possa ter uma infeção no folículo piloso”, diz Dweck. E essa infeção faz com que o pelo não cresça para fora da pele, mas para trás dentro do folículo.

De acordo com um estudo da JAMA Dermatology, que avaliou 3.316 mulheres, 84% relataram remover os pelos púbicos com tesouras, gillette, cera, pinça, laser ou eletrólise.

Livre-se dos pelos encravados

Os pelos encravados geralmente desaparecem sem tratamento. Mas há algumas coisas que pode fazer para se sentir mais confortável até que melhorem.

“Compressas quentes são úteis e calmantes”, aconselha a ginecologista. Alguns dos seus pacientes gostam de fazer compressas à base de água morna e sal. Analgésicos para aliviar as dores que não necessitam de prescrição médica também são bastante eficazes.

Tente Advil para a dor e creme de hidrocortisona para combater o inchaço e vermelhidão. E se se formar um quisto por cima dos pelos encravados, tente passar peróxido de benzoíla.

Quando consultar um médico para tratar pelos encravados na região íntima?

Se notar que o inchaço está a aumentar, a sangrar ou se surgirem linfonodos inflamados ou inchados na virilha, esses são os sinais de alarme para que consulte um médico ou farmacêutico, alerta Alyssa Dweck. Pode ser um sinal de que os pelos encravados estão tão infetados a ponto de necessitar de tomar antibióticos para tratar a condição.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório