Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

Obesidade infantil aumenta o risco de esclerose múltipla

Estará a obesidade associada ao risco de esclerose múltipla?

Obesidade infantil aumenta o risco de esclerose múltipla
Notícias ao Minuto

14:30 - 06/09/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Obesidade e escleros múltipla

Para responder a esta questão uma equipa de investigadores na Alemanha, realizou um estudo, publicado no periódico científico JAMA Neurology, que envolveu uma população pediátrica de 453 crianças diagnosticadas com esclerose múltipla.

Nelas, verificou-se que a obesidade foi associada a duas chances mais elevadas de desenvolver a doença e a falhas mais frequentes no sucesso do tratamento de primeira linha com interferon beta-1a ou 1b e acetato de glatiramer, aumentando assim o número de pacientes em tratamento de segunda linha.

Assim, a obesidade parece estar estatística e significativamente associada com o aumento do risco de esclerose múltipla pediátrica e com pior resposta ao tratamento de primeira linha.

Os cientistas concluíram que um peso corporal saudável pode potencialmente otimizar os resultados do tratamento e reduzir o ónus e os custos da doença.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório