Meteorologia

  • 15 SETEMBRO 2019
Tempo
28º
MIN 21º MÁX 29º

Edição

Cinco sinais de que tem de ir ao oftalmologista o mais depressa possível

Se usa óculos ou lentes de contacto, provavelmente a última vez que visitou o seu oftalmologista foi quando necessitou de uma nova receita. E se não usa? Bom, pode ser que nem se lembre.

Cinco sinais de que tem de ir ao oftalmologista o mais depressa possível
Notícias ao Minuto

07:20 - 22/08/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Problemas oculares

Se se identifica com essa situação, definitivamente não está só. Apenas 50% dos norte-americanos se submetem a exames oculares anualmente, segundo uma pesquisa recente da VSP Vision Care e YouGov.

Contudo é extremamente importante manter os exames oftalmológicos em dia! Garantindo assim uma visão nítida, e detetando possíveis problemas oculares antes que estes progridam. “A maioria das doenças que afetam o olho começam de forma assintomática. No momento em que um paciente percebe algo, pode ser tarde demais”, diz Joseph Allen, oftalmologista da rede VSP (EUA).

Então, como pode saber se está na hora da próxima visita? Deixe esta lista ser o seu guia.

Cinco sinais de que tem de ir já ao oftalmologista:

1. Já há mais de um ano que fez o último exame

Assim como fazer análises ao sangue, deve visitar o oftalmologista e renovar os exames anualmente. Trata-se, afinal, da melhor medida para continuar a ver bem e proteger-se contra doenças oculares que podem atrapalhar a visão, segundo o National Institutes of Health (NIH).

2. Sofre regularmente com dores de cabeça

Dor latejante, especialmente por trás dos olhos ou sobrancelhas, é um sinal revelador de que está a ter problemas de visão ou de concentração – mesmo que ache que está tudo bem. “Talvez não perceba, mas os seus olhos podem estar a compensar algo. E isso pode levar a dores de cabeça”, explica Allen. Muitas vezes, tudo o que necessita é de uma receita atualizada (ou um par de óculos ou lentes de contacto, se ainda não usa) para resolver o problema.

3. Doem-lhe os olhos

Não ignore este sintoma. A dor aguda ou latejante que não desaparece é um sinal de que o olho está inflamado e que algo provavelmente está a acontecer, aponta Allen. Mas será necessário realizar um exame oftalmológico abrangente para descobrir qual é o problema e como tratá-lo. Pode ser uma infeção, olho seco ou um problema de sinusite. Há também a possibilidade de estar a lidar com algo mais sério como o glaucoma de início súbito, de acordo com o NIH.

4. Tem os olhos vermelhos e inchados

Trata-se de um sinal de conjuntivite. Pode sentir ainda a sensação de ardor ou comichão, sensibilidade à luz ou ter secreção, observa o National Eye Institute (NEI). Não ignore estes sintomas. Esses problemas podem estar a ser causados por uma infeção viral ou bacteriana, bem como alérgenos.

5. Visualiza manchas ou flashes de luz estranhos

Visualizar pequenas manchas escuras ou faixas onduladas de vez em quando não é necessariamente um problema de maior, especialmente se estas aparecem depois de olhar para algo brilhante, diz Allen. Mas deve consultar um oftalmologista o mais rápido possível se, de repente, começar a ver muitas manchas ou se estas surgirem acompanhadas de flashes de luz.

O mesmo vale caso comece a ter dificuldade em ver pela parte lateral dos olhos. “Estes podem ser sinais de um descolamento da retina, que ocorre quando a retina é levantada ou afastada da parede posterior do olho”, explica Allen. É um problema sério que pode causar perda permanente da visão ou até mesmo cegueira em apenas alguns dias, quando não tratada. Por isso, não espere.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório