Meteorologia

  • 17 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Com que frequência devo trocar as toalhas de banho para evitar infeções?

Todos os dias, semanalmente, quinzenalmente ou mensalmente?

Com que frequência devo trocar as toalhas de banho para evitar infeções?
Notícias ao Minuto

13:14 - 27/05/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Higiene íntima

Sair do banho e usar uma toalha limpa e seca não é só uma questão de conforto e de toque, mas principalmente de saúde. Segundo uma reportagem realizada pela BBC, a razão por que deve trocar regularmente as toalhas deve-se à proliferação de fungos, bactérias e ácaros.

Tanto as toalhas de banho quanto as de rosto acumulam milhares de bactérias, além de células mortas provenientes do corpo humano, secreções salivares, urinárias e anais.

As toalhas são um habitat perfeito para a manutenção da vida desses seres, devido à humidade, à temperatura e ao oxigénio que permanecem no tecido.

O perigo é real

O corpo humano está repleto de microorganismos. Logo, quando nos secamos com uma toalha, estes depositam-se nela, incluindo secreções. Grande parte dos micróbios não causa grande mal nossa saúde. O problema é que a toalha apresenta as condições favoráveis para a sua multiplicação: os resíduos celulares e o oxigénio são alimento para os micróbios.

O risco aumenta para aqueles que não se importam em compartilhar a toalha, pois o corpo fica exposto aos micróbios alheios. Para além dos micróbios que vivem na própria casa-de-banho.

Afinal, com qual frequência devemos trocar as toalhas?

A questão da frequência da troca de toalhas tem a ver com a secagem entre um uso e outro. Como muitas vezes as tolhas ficam atrás da porta do WC ou são secas num ambiente com pouca ventilação, podem permanecer húmidas.

Sally Bloomsfield, higienista hospitalar britânica, em declarações ao jornal The Guardian, recomenda que a troca seja feita semanalmente, para evitar o risco de infeções. Entretanto, Philip Tierno, microbiólogo e patologista da Escola de Medicina da Universidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, aconselha que a troca deve ser feita mais de uma vez por semana. "Mesmo que as consiga secar completamente, não deve usá-las mais do que três vezes. Este é o máximo", sugere.

Combate à humidade e micróbios

Bloomsfield sugere evitar a partilha de toalhas, incluindo as toalhas de mão, bem como outros itens de higiene pessoal, como escovas de dentes.

Kelly Reynolds, professora de saúde ambiental da Universidade do Arizona, explica que "bactérias e mofo começam a acumular-se, mas o seu crescimento é refreado à medida que a toalha seca".

Outra forma de bloquear a ação dos microorganismos consiste em lavar a toalha com água a 60 graus ou usar detergentes com ação branqueadora, que tenham como base o oxigénio e idealmente secar as toalhas ao ao livre.

Bloomsfield alerta ainda: é melhor lavar em excesso do que a menos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório