Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2020
Tempo
14º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Dez sintomas de colesterol alto que jamais pode ignorar

Já que o colesterol alto não dá na maioria das vezes sinais evidentes, é muito importante aprender a identificar aqueles sintomas mais subtis.

Dez sintomas de colesterol alto que jamais pode ignorar

O colesterol é um lipído presente em todas as células do corpo. Ainda que muitos só o conheçam pelos seus efeitos nocivos para a saúde, na verdade, trata-se de uma substância essencial para o funcionamento ideal do organismo. Sendo que somente o colesterol alto é perigoso.

O fígado é responsável por segregar a maior parte, embora o colesterol também seja absorvido através do consumo de alguns alimentos que o contêm.

É de salientar que o colesterol é necessário para a formação dos ácidos biliares, responsáveis pela digestão das gorduras. Além disso, também intervém na produção de algumas hormonas e na saúde cardiovascular.

O problema é que, ainda que muitos órgãos necessitem do colesterol, a sua acumulação excessiva provoca danos irreparáveis e, de facto, pode tornar-se num potencial assassino – estando na origem de ataques cardíacos e enfartes.

Por isso, é fundamental saber identificar alguns sinais que podem ser determinantes para o seu diagnóstico.

Sinais de colesterol alto

1. Inflamação e dormência das extremidades

A inflamação e sensação de dormência das extremidades é um dos sintomas iniciais do colesterol alto.

Essa reação ocorre porque os lipídos acumulados impedem a circulação adequada do sangue, diminuindo a transferência do oxigénio e dos nutrientes até aos músculos.

2. Halitose

O mau hálito, conhecido como halitose, é um sinal muito comum nos pacientes que têm problemas de colesterol.

Já que o colesterol é segregado pelo fígado, a sua acumulação em excesso gera dificuldades para o bom funcionamento do processo digestivo, o que se manifesta através de secura e odores desagradáveis na boca.

3. Sensação de peso e indigestão

Os desequilíbrios nos níveis do colesterol mau (LDL) e total podem tornar-se num forte desencadeante de episódios contínuos de indigestão e sensação de peso.

O excesso de lipídos no sangue e no fígado afeta o metabolismo. Por sua vez, isso impede um bom processo digestivo. Sobretudo ao ingerir alimentos com muita gordura.

4. Enjoos e dores de cabeça

À medida que o colesterol se deposita nas artérias, a circulação começa a apresentar dificuldades e a oxigenação celular é interrompida.

Tal manifesta-se por meio de enjoos frequentes, perda de equilíbrio e fortes cefaleias causadas por tensão.

5. Problemas oculares

O excesso de colesterol leva ao desenvolvimento de problemas na visão que, se não forem tratados a tempo, podem causar danos irreversíveis.

É comum que os pacientes apresentem uma secreção amarelada nos olhos, irritação e visão turva.

6. Prisão de ventre

A acumulação de lipídos nas artérias afeta as funções digestivas.

Considerando que a mobilidade intestinal diminui, podem ocorrer fortes episódios de prisão de ventre.

7. Dor no peito

A dor no peito é um sintoma muito fácil de perceber. Ainda assim, quase sempre é um motivo para consultar um médico de imediato.

Ainda que muitas doenças estejam associadas ao seu aparecimento, a maioria dos casos tem a ver com os efeitos do colesterol alto.

A acumulação de gorduras nas artérias dificulta o bombeamento do sangue e, por fim, pode causar hipertensão.

8. Fraqueza e fadiga

A sensação de fraqueza, a fadiga e o desejo de dormir em horários não habituais pode ser causado por:

- Deficiências nutricionais;

- Excesso de atividade física;

- Alguma doença.

O que poucas pessoas sabem é que, quando ocorre de forma contínua, pode ser um sinal do aumento nos níveis de colesterol.

Considerando que, como já indicamos, essa substância intervém na circulação e no processo de oxigenação celular, causa um enfraquecimento físico e mental.

9. Problemas de pele

A urticária e outros problemas de pele podem aparecer quando o corpo apresenta dificuldades em regular os níveis de colesterol.

Esses problemas manifestam-se através do aparecimento de manchas avermelhadas, inflamação e uma incómoda sensação de comichão que pode ser difícil de controlar.

10. Intolerâncias alimentares

Indivíduos acometidos por intolerâncias alimentares podem estar com níveis altos de colesterol no sangue.

Ainda que essas condições possam originar-se devido a diversos fatores, a acumulação excessiva de gordura nas artérias e no fígado pode ser uma delas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório