Meteorologia

  • 15 OUTUBRO 2019
Tempo
12º
MIN 12º MÁX 20º

Edição

Estes cinco alimentos são veneno para quem sofre de pressão alta

A hipertensão arterial associa-se tanto à doença coronária, como ao AVC e à insuficiência e é o fator de risco cardiovascular mais frequente, podendo nos casos mais graves provocar ataques cardíacos fulminantes

Estes cinco alimentos são veneno para quem sofre de pressão alta
Notícias ao Minuto

14:00 - 17/04/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Contra a hipertensão

As doenças cardiovasculares são a causa de morte de, pelo menos, 34,1% da população portuguesa, fundamentalmente como consequência do acidente vascular cerebral (AVC) e da doença coronária.

Estima-se que a prevalência de hipertensão arterial na população adulta portuguesa seja de 42,1%, estando apenas 39,0% destes doentes hipertensos medicados com fármacos anti hipertensores e 11,2% estarão controlados.

Cerca de 90% dos casos de hipertensão estão relacionados com os hábitos de vida, que incluem uma má alimentação e desenvolvimento de obesidade, consumo de tabaco, de sal, álcool e café em excesso, e inatividade física.

Os especialistas alertam que aquilo que coloca no prato à hora das refeições pode ser determinante para manter níveis ótimos de pressão arterial ou para que esta escale para índices extremamente perigosos. 

A saber, estes cinco alimentos são veneno para quem sofre de pressão alta:

1. Pão

O pão e outros produtos de padaria contêm altos níveis de sódio e gorduras saturadas que, ao serem absorvidos, aumentam os níveis de pressão arterial.

Uma única porção pode conter até 230 mg de sódio, ou seja, 15% da quantidade diária recomendada para o corpo.

O problema agrava-se devido ao seu alto teor de farinhas refinadas que, ingeridas de forma excessiva, causam excesso de peso e diabetes, dificultando o controle da hipertensão.

2. Diga não a bebidas com cafeína

O consumo excessivo de bebidas como o café e refrigerantes, como pepsi ou coca-cola, influenciam o aumento da pressão arterial. 

3. Molhos industrializados e caldos

Os molhos industrializados para temperar saladas e para serem utilizados em várias receitas costumam ter na sua composição altos níveis de sódio que, como já mencionamos, podem levar à deterioração da saúde arterial.

A maionese, o molho de tomate e outros produtos semelhantes são compostos por ingredientes químicos que, embora lhe deem um sabor delicioso, geram alongo prazo dificuldades metabólicas. 

4. Manteiga e margarina

Tanto a manteiga quanto a margarina têm uma alta concentração de sódio e gordura que, ingerida de forma regular, afeta a saúde das artérias.

O seu consumo aumenta os níveis de colesterol mau (LDL) e forma uma placa dura que obstrui a passagem correta do sangue.

Além disso, estas substâncias tornam o funcionamento do metabolismo mais lento, e como tal contribuem para a obesidade.

5. Adeus queijo

Os queijos tradicionais têm um alto teor de sal e gorduras saturadas que promovem o aumento da pressão arterial.

O sódio favorece a retenção de líquidos nos tecidos e, por sua vez, aumenta a tensão e o nível de inflamação.

Por sua parte, as gorduras acumulam-se nas artérias e causam o seu endurecimento, que por sua vez prejudica a circulação sanguínea.

Portanto, os pacientes com hipertensão devem evitá-los, ou substituí-los por uma receita de origem vegetal.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório