Meteorologia

  • 26 ABRIL 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 13º

Edição

Não passar protetor solar nesta parte do corpo aumenta risco de cancro

O hábito de não passar protetor solar ao redor dos olhos pode estar a expor as pessoas a um maior risco de cancro da pele, nomeadamente de melanoma (o tipo de tumor cutâneo mais mortífero), de acordo com uma nova pesquisa.

Não passar protetor solar nesta parte do corpo aumenta risco de cancro
Notícias ao Minuto

09:00 - 15/04/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Dias de sol

Uma equipa de cientistas apurou que os indivíduos têm hábitos diferentes ao aplicarem no rosto protetor solar e hidratantes com proteção solar.

A área ao redor dos olhos é uma parte da pele que normalmente fica desprotegida, justamente onde a derme é mais fina e mais vulnerável ao cancro.

Óculos escuros com fator de proteção ultra-violeta (UV) podem ajudar a proteger essas áreas, segundo os especialistas.

Muitos hidratantes são vendidos como tendo o fator de proteção solar (FPS) de 30 a 50, semelhantes ao do filtro solar tradicional. Todavia, estes não foram projetados para proteger a pele durante longos períodos de exposição ao sol, especialmente no verão.

Uma equipa de investigadores da Universidade de Liverpool, no Reino Unido, estudou a forma como 84 pessoas (62 mulheres e 22 homens) usam tanto os hidratantes quanto o filtro solar. Depois, fotografaram esses voluntários com uma câmara especial, sensível aos raios ultra-violetas, para ver o quão bem haviam protegido os seus rostos.

O resultado é que, em média, 17% da face estava desprotegida quando as pessoas usaram o hidratante, e 11% com o protetor solar tradicional.

Já a cobertura ao redor dos olhos era 21% mais fraca quando as pessoas usavam o hidratante, e apenas 14% inferior quando usavam o filtro solar. O estudo foi publicado no periódico científico PLOS One.

“Esta região é uma das mais vulneráveis ao cancro da pele, mas as pessoas simplesmente não estavam atentas ao fato de não a terem coberto corretamente”, diz Austin McCormick, um dos autores do estudo.

"A pele das pálpebras é muito fina, o que a coloca em risco de sofrer danos da radiação UV", explica. "A área ao redor dos cílios e entre as pálpebras e o nariz é a que mais costuma ficar desprotegida", disse.

McCormick refere que os tumores nas pálpebras representaram 10% de todos os casos em células basais no Reino Unido - o tipo mais comum de cancro de pele. Por este motivo, as pessoas deveriam dedicar uma atenção especial a esta região.

Quando é necessário usar filtro solar?

O protetor solar só é realmente necessário se estiver a planear ficar mais de meia hora sob o sol forte. Se vai apenas sair para almoçar, provavelmente não será necessário - especialmente se aplicou um hidratante com proteção solar de manhã, e se a sua caminhada é protegida do sol por árvores ou prédios.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório