Meteorologia

  • 22 NOVEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

Só prazer? Estudo revela outro benefício surpresa do orgasmo feminino

Há muito que a ciência procura entender o motivo do orgasmo feminino e alguns acreditam que há outro benefício para este ato fisiológico para além do prazer.

Só prazer? Estudo revela outro benefício surpresa do orgasmo feminino

Alguns creem que o orgasmo feminino apenas existe por uma questão de prazer e bem estar.

Apesar desta comum perceção – errada – , há realmente uma razão evolutiva para que as mulheres atinjam o clímax.

Os cientistas creem que as mulheres que experienciam orgasmos estão mais propensas a engravidarem.

O médico, professor e autor britânico Robert King, escreve sobre o fenómeno num livro lançado recentemente 'Tulips at Midnight: Exploring the latest Research into the Nature and Function of Female Orgasm' (‘Tulipas à Meia-noite: Explorando as últimas Pesquisas acerca da Natureza e Função do Orgasmo Feminino’).

O especialista que leciona psicologia aplicada na Universidade de Cork, no Reino Unido, concluiu que o orgasmo feminino ajuda a reter o sémen no ovário dominante.

Tal pode por sua vez aumentar exponencialmente a probabilidade de engravidar.

O cientista explica: “A minha pesquisa baseia-se em inúmeros dados científicos que referem que o orgasmo feminino está intrinsecamente associado à fertilidade feminina”.

“Mais ainda, os padrões do orgasmo feminino relativamente aos parceiros estão longe de ser aleatórios”.

“Geralmente, as mulheres experienciam orgasmos com parceiros mais inteligentes, carinhosos e viris, com um cheiro agradável – este último ponto é extremamente importante porque é sinónimo de um sistema imunitário compatível”, explica King.

O médico testou essa teoria num grupo de seis voluntárias femininas.

Foi pedido às participantes, de idades compreendidas entre os 26 e os 52 anos, que monitorizassem os seus orgasmos durante um mês.

Durante a experiência, os cientistas examinaram o quão bem as mulheres eram capazes de reter líquidos.

Como tal utilizaram lubrificantes no lugar de sémen durante o orgasmo e para além do momento do clímax.

Quando uma mulher voluntariamente atingia o clímax, esta retia até 15% mais de ‘esperma’, comparativamente àquelas que não atingiam o orgasmo.

Tal sugere que têm uma probabilidade maior de engravidarem após alcançarem o pico do prazer.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório