Meteorologia

  • 20 ABRIL 2019
Tempo
19º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

A popular bebida capaz de prevenir depressão nas mulheres

Um novo estudo sugere que mulheres que bebem duas ou mais chávenas de café por dia estão menos propensas a sofrer de depressão.

A popular bebida capaz de prevenir depressão nas mulheres
Notícias ao Minuto

13:00 - 11/03/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Saúde mental

Apesar dos motivos inesperado desse efeito não serem claros, os autores da pesquisa creem que a cafeína pode ser capaz de alterar a química do cérebro. Já que o estudo revelou ainda que café descafeinado não tem o mesmo efeito.

Os resultados da pesquisa foram divulgados no periódico científico Archives of Internal Medicine e provêm de um estudo realizado com mais de 50 mil enfermeiras.

Para efeitos daquela pesquisa, uma equipa de cientistas da Harvard Medical School, nos Estados Unidos, acompanhou a saúde do grupo de mulheres ao longo de uma década, entre 1996 até 2006, e fez uso de questionários para registar o consumo de café por parte das voluntárias.

Os resultados obtidos revelaram que apenas 2.600 mostraram ter sinais de depressão ao longo desse período. E, destas, a maior parte consumia pouco café ou não tomava de todo a bebida.

Comparativamente a mulheres que bebiam apenas uma chávenas de café por semana ou até menos, aquelas que consumiam duas a três xícaras por dia tinham uma probabilidade 15% menor de sofrer de depressão.

Aquelas que bebiam quatro ou mais chávenas por dia apresentavam ainda uma chance 20% mais reduzida de padecer daquela doença do foro mental.

Outros benefícios do café nas mulheres

A pesquisa mostrou ainda que consumidoras regulares de café estavam mais propensas a fumar, beber álcool e menos envolvidas em atividades da Igreja ou grupos voluntários ou comunitários. Elas também estavam menos propensas a a sofrer de excesso de peso, de pressão alta ou de diabetes.

Os cientistas afirmam que a pesquisa contribui para outros estudos que indicam que consumidores de café têm índices de suicídios mais baixos.

Os investigadores de Harvard acreditam que a cafeína seja o principal agente nesse processo, já que a substância é conhecida pela sua capacidade de realçar sentimentos de bem estar e de energia.

Mas ainda é preciso realizar mais pesquisas para verificar se a substância é útil para prevenir a depressão.

Uma outra possibilidade, dizem os investigadores, é que pessoas com propensão à depressão optem por não tomar café porque a bebida possui muita cafeína. Um dos sintomas mais comuns da depressão é perturbação do sono e a cafeína pode exacerbar essa condição, por ser um estimulante.

O excesso de cafeína também é capaz de realçar sensações de ansiedade.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório