Meteorologia

  • 18 ABRIL 2019
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 16º

Edição

Depressão: Este é o exercício mais eficaz para aliviar os sintomas

De acordo com um artigo publicado no periódico científico JAMA, os treinos de resistência trazem imensos benefícios não só para a saúde física como para a mental.

Depressão: Este é o exercício mais eficaz para aliviar os sintomas
Notícias ao Minuto

13:00 - 07/03/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Saúde mental

O treino de resistência não faz bem somente ao corpo, mas também à mente, podendo ajudar no alívio dos sintomas da depressão. É o que afirma um artigo publicado na revista JAMA Psychiatry. O estudo descobriu que esse tipo de treino, que inclui levantamento de pesos e treino de força, está associado a uma redução significativa dos sintomas depressivos, além fornecer os já conhecidos benefícios físicos, como prevenção de doenças crónicas e fortalecimento dos ossos e músculos.

Brett Gordon, o principal autor do estudo e investigador na Universidade de Limerick, na Irlanda, admite que o exercício físico por si não pode curar a depressão, mas que ainda assim as recém descobertas são importantes, pois esses exercícios podem ser realizados no ginásio ou até mesmo em casa.

Exercícios para combater a depressão

De acordo com a revista Time Health, os investigadores afirmam que o treino de força mostrou-se tão funcional e eficiente quanto os principais tratamentos para a depressão, como a toma de antidepressivos e terapias comportamentais. 

Um estudo anterior publicado no British Journal of Sports Medicine revelou que o aumento do fluxo sanguíneo para o cérebro provocado pela atividade física é capaz de mudar a estrutura e a função cerebral a partir da produção de novas células cerebrais. Tal mecanismo desencadeia a libertação de substâncias químicas, como endorfinas, que melhoram o humor.

A equipa de pesquisa irlandesa analisou 33 ensaios clínicos (cerca de dois participantes) e examinaram os efeitos do treino de resistência nos sintomas da depressão.

Ao longo da análise, os cientistas descobriram que pessoas que seguiam uma rotina de exercício específica apresentaram melhorias nos sintomas da doença, como mau humor, perda de interesse em participar em atividades variadas e sentimentos de inutilidade.

Os cientistas recomendam que esses treinos de resistência sejam realizados pelos doentes pelo menos dois dias por semana.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório