Meteorologia

  • 24 ABRIL 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 15º

Edição

Sim, comer sushi pode colocar a sua vida em risco

Um estudo português publicado no periódico científico BMJ alerta para o risco de infeções parasitárias associadas ao consumo de peixe cru nos países ocidentais.

Sim, comer sushi pode colocar a sua vida em risco
Notícias ao Minuto

11:30 - 06/03/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Perigo no prato

O aumento da popularidade e do consumo da comida japonesa no ocidente pode estar a colocar a saúde dos muitos fãs de sushi em risco.

Segundo uma pesquisa divulgada recentemente no BMJ Case Reports, alimentos que contêm peixes crus, como sushi e sashimi, podem estar infestados com um parasita, semelhante a um verme, que adere ao intestino provocando dores excruciantes, vómitos e febre.

Peixe cru

É considerado seguro comer certos tipos de peixe cru quando ainda estão frescos. Todavia, mesmo nessas condições, o consumo desses alimentos pode estar relacionado ao aparecimento de infeções parasitárias.

Segundo médicos do Hospital de Egas Moniz em Lisboa, Portugal, há o risco de que sushis e sashimis possam ser contaminados com o parasita anisakis ou ‘verme de arenque’, capaz de prender-se às paredes do estômago e do intestino. O verme é adquirido a partir do consumo de frutos do mar crus ou mal preparados e pode causar infeções graves.

Caso grave 

No artigo, os médicos relataram o caso de um homem português de 32 anos, que havia desenvolvido uma severa dor de barriga, vómitos e febre. Os exames mostraram sinais de inflamação e sensibilidade na área abaixo das costelas. Contudo, só depois de revelar que havia comido sushi alguns dias antes, o diagnóstico ganhou forma.

Os médicos realizaram uma endoscopia e encontraram parasitas aderidos a uma área inflamada do revestimento intestinal do paciente. Os vermes foram removidos com o auxílio de uma rede especial. Depois de análise, os médicos descobriram que pertenciam à espécie anisakis, que afeta peixes e outros animais marinhos.

Problemas para a saúde

Os sintomas gastrointestinais da infeção incluem dores abdominais, náuseas, vómitos, obstrução intestinal, hemorragias no trato digestivo. Mas, em alguns casos, o parasita provoca uma série de reações alérgicas, incluindo angioedema, urticária e até mesmo reações anafiláticas graves, com arritmia cardíaca e insuficiência respiratória.

Segundo a gastroenterologista Joana Carmo, a maioria dos casos é reportada no Japão, onde o consumo de frutos do mar crus é mais comum. “Devido a mudanças nos hábitos alimentares, a doença tem se mostrado crescente nos países ocidentais”, disse a líder do estudo ao Daily Mail.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório