Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2019
Tempo
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Estudo com células estaminais poderá reverter paralisia motora

Investigadores japoneses vão usar células estaminais em quatro doentes.

Estudo com células estaminais poderá reverter paralisia motora

O Governo japonês aprovou a realização de um estudo clínico em humanos para avaliar o uso de células estaminais pluripotentes no tratamento de lesões na medula espinal. O estudo vai ser realizado por investigadores da Universidade de Keio, junto de quatro adultos, e vem “reforçar o potencial das células estaminais, que podem ser guardadas no momento do parto para utilização futura”, afirma João Sousa, Diretor de Qualidade do Laboratório BebéVida.

Este estudo clínico é anunciado na sequência de outros estudos pré-clínicos e clínicos já realizados para testar o uso de células estaminais no tratamento de lesões da espinal medula.

“Neste estudo em particular recorre-se às células estaminais pluripotentes induzidas, que mais não são do que uma reprogramação das células adultas, para que se diferenciem em células estaminais com potencial de diferenciação quando injetadas nas células e tecidos que se pretende recuperar”, explica João Sousa.

Vários grupos de investigação em todo o mundo têm dado atenção a esta área, numa tentativa de encontrar nas terapias celulares soluções para tratar lesões de espinal medula.

João Sousa conclui que “este estudo reforça que as células estaminais podem vir a ser usadas no tratamento de doenças que, à data de hoje, ainda não têm tratamento, daí ser importante considerar a criopreservação durante a gravidez". 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório