Meteorologia

  • 17 FEVEREIRO 2019
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 16º

Edição

Seis sintomas indicadores de problemas digestivos graves (e de cancro)

O aparelho digestivo é basicamente formado pela boca, faringe, esófago, estômago, fígado, intestino delgado, intestino grosso e ânus, sendo responsável por manter as atividades e bom funcionamento do organismo.

Seis sintomas indicadores de problemas digestivos graves (e de cancro)
Notícias ao Minuto

11:30 - 18/01/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Tumores

Por meio da transformação dos alimentos ingeridos em compostos mais simples, num processo chamado digestão, o aparelho digestivo promove a captação de nutrientes necessários para a manutenção de nosso corpo.

Todavia, problemas gastrointestinais podem aparecer gradualmente e quase de forma impercetível. E como tal, não os tomamos como sinais de alerta importantes sobre o estado da nossa saúde. 

Dito isso, esteja atento a seis sintomas que podem ser indicadores de que algo de errado se passa no seu sistema digestivo, incluindo que poderá estar a sofrer de cancro.

1- Azia intensa

De acordo com o gastroenterologista Jeffrey Crespin, professor assistente na Universidade de Nova Iorque (NYU), nos Estados Unidos, quando a azia transforma o ato de tomar água numa verdadeira missão impossível, tal é um sinal de que algo grave poderá estar a acontecer no organismo. Segundo o académido, se os sintomas acompanharem problemas de deglutição, tosse, rouquidão, soluços e sensação de inchaço, todos podem ser indicadores de cancro no esófago.

2- Flatulência

Embora os gases sejam uma ocorrência natural do copo, quando ocorrem com um mau cheiro demasiado intenso, podem ser sinal de giardíase, uma infeção do intestino causada por um parasita chamado giárdia. O problema também vem acompanhado de cólicas abdominais, flatulência, náuseas e episódios de diarreia.

3- Inchaço    

Se o problema surgir acompanhado de dores abdominais no momento de evacuar, tal pode significar problemas de refluxo, síndrome do intestino irritável, cálculos biliares ou prisão de ventre.

4- Perda de peso inexplicável

Se a perda de peso ocorrer de forma inexplicável, poderá estar a sofrer com alguma infeção parasitária, como a teníase. Neste caso, o sintoma vem acompanhado de náuseas, vómitos, diarreia, perda de apetite, tontura, insónias, entre outros. Adicionalmente, o problema também poderá estar associado à doença de Crohn. Além da perda de peso, os sintomas incluem diarreia, cólicas abdominais, frequentemente febre e, em alguns casos, hemorragias letais.

5- Hemorroidas

De acordo com Crespin, quando o assunto é o reto, nenhum sangramento deve ser considerado normal. Em algum dos casos, o sangue pode ser resultante do rompimento de vasos sanguíneos presentes na região anal, que provocam as hemorroidas.

6- Sinais de deficiência de ferro

Tal deficiência pode causar anemia. A anemia por deficiência de ferro, por sua vez, pode ser resultado de perda de sangue crónica, causada por cancro do colo do útero, de estômago, úlceras, doenças intestinais ou angiodisplasia (malformação vascular).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório