Meteorologia

  • 08 ABRIL 2020
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 21º

Edição

Seis dicas para fazer com que gostem de si, revela especialista do FBI

A revista norte-americana Time publicou uma série de dicas que podem contribuir para que melhore as suas relações interpessoais ou, quem sabe, se torne uma pessoa com mais amigos.

Seis dicas para fazer com que gostem de si, revela especialista do FBI

As dicas foram dadas por Robin Dreeke, que estudou os mais diversos tipos de relacionamentos durante quase 30 anos e, como se não bastasse, é um especialista comportamental do FBI.

A saber:

1 – O que fazer quando conhece uma pessoa nova

Num primeira interação procure conhecer alguns dos pensamentos e das opiniões do individuo. Faça perguntas, escute e não demonstre, de forma alguma, qualquer tipo de julgamento. “Não significa que você concorda com a pessoa”, explica Dreeke, que defende a ideia de que a primeira conversa serve para conhecermos o máximo possível sobre alguém. Não julgar significa respeitar, e todos gostam de ser respeitados.

2 – Coloque o ego de lado

Se você é do tipo de pessoa que adora destacar pontos contraditórios no discurso alheio para depois apontar os erros ao interlocutor, saiba que, bem... Você é um chato. E não deve de todo fazer isso, caso queira que a pessoa com quem está a conversar simpatize consigo.

“Suspender seu ego é colocar as suas necessidades, desejos e opiniões de lado. É, conscientemente, ignorar o seu desejo de estar correto e corrigir uma pessoa. Não significa permitir que você seja emocionalmente sequestrado por uma situação em que pode não concordar com os pensamentos, opiniões ou ações de alguém”, explica o especialista. Ou seja: não há problema em guardar a sua opinião para você mesmo. É, inclusive, bom.

3 – Aprenda a ouvir

“O que deve fazer é o seguinte: assim que tiver uma história ou ideia que gostaria de dividir, não o faça. Conscientemente, diga para si próprio: ‘Eu não vou dizer isso’. Tudo o que deve fazer é perguntar-se: ‘Qual ideia ou pensamento que a pessoa mencionou que eu considero fascinante e quero explorar?’”, recomenda Dreeke.

4 – A melhor pergunta que pode fazer

Dreeke conta que perguntas intrigantes e consideradas boas são aquelas que questionam os últimos grandes desafios das pessoas. Nesse sentido, deve perguntar quais foram os maiores desafios que alguém enfrentou no trabalho, na faculdade ou ao morar em determinada região. “Todos passamos por desafios. Isso [perguntar sobre eles] faz com que as pessoas revelem as suas prioridades em determinado ponto da vida”, garante o especialista.

5 – Como se aproximar de pessoas novas

Conhecer alguém nem sempre é uma tarefa fácil. Então, para evitar a fadiga, pode encontrar uma brecha para dizer que irá embora em breve. Para Dreeke, o primeiro diálogo deve conter algumas informações bastante específicas: quem é, o que você quer e quando vai embora.

Essa última questão tem a ver com segurança e controle. Ou seja, da mesma forma que você não se sentiria confortável se uma pessoa completamente estranha começasse um diálogo bizarro, os outros também não se sentem.

Ao saber que a pessoa partirá em breve, surge essa sensação de controlo da situação. E aí é normal que a conversa siga de maneira mais natural e relaxada.

6 – Linguagem corporal

O mais importante é sorrir – sendo esta uma das formas mais simples de conseguir a confiança de alguém. Se sorrir lentamente, melhor ainda. O sorriso é realmente contagioso.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório