Meteorologia

  • 14 NOVEMBRO 2019
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Flirt. Ciência ensina quatro maneiras para seduzir

Seduzir é natural. Como animais sociais, precisamos de maneiras de expressar interesse sexual e de nos promover como parceiros valiosos.

Flirt. Ciência ensina quatro maneiras para seduzir

O flirt é um comportamento generalizado a todas as culturas. De facto sem esse comportamento, a verdade é que a espécie humana provavelmente já se teria extinguido ou teríamos num impasse reprodutivo.

Todavia, a sedução não é um comportamento totalmente instintivo. É igualmente um ato governado por regras sociais e de etiqueta.

Entre o instintivo e o social, não é de admirar que muitos se sintam um pouco perdidos ou ansiosos quando se trata da arte de namoriscar.

Porém, a ciência dá algumas dicas sobre como pode tornar esse processo mais confortável e natural.

A saber:

Autoconfiança

‘Seja confiante’ é o melhor conselho para seduzir alguém.

Ivan Joseph, autor do livro ‘You Got This: Mastering the Skill of Self-Confidence’, não considera a autoconfiança um traço de personalidade inerente, mas sim uma habilidade que qualquer um pode desenvolver.

Sorriso

Sorrir desencadeia dois fenómenos psicológicos.

O primeiro é a teoria da autoperceção. Conforme observado pelos professores Simone Schnall e James D. Laird da Universidade Clark, nos Estados Unidos, essa teoria refere que se agir como se estivesse a viver uma uma certa emoção, então sentirá de facto essa emoção. “Nesse sentido, os sentimentos são as consequências do comportamento, não as causas: sentimo-nos felizes porque sorrimos e zangados porque franzimos a testa”, argumentam.

O segundo fenómeno é o contágio emocional. Pessoas felizes são mais acessíveis, mais atraentes e mais agradáveis de se relacionar porque a felicidade delas é infecciosa.

Contacto visual

Num estudo publicado na revista científica Journal of Research in Personality, voluntários formaram pares com o sexo oposto e foram então convidados a olhar para as mãos dos estranhos, a olhar nos seus olhos, ou para contar quantas vezes seus olhos piscavam.

Os investigadores concluíram que os participantes que olharam nos olhos um do outro relataram sentimentos mais elevados de afeto.

Linguagem corporal

Além do sorriso e do contacto visual, a linguagem corporal é um componente essencial para a comunicação e desempenha um papel importante na autoperceção e no contágio emocional.

Jean Smith, antropóloga social e cultural que estuda a arte do flirt, aconselha que se aproxime de um pretende com o corpo ‘aberto’. Não cruze os braços nem curve os ombros para dentro.

A linguagem corporal também pode ajudá-lo a saber se a pessoa responde ao seu interesse. Se os pés estiverem a apontar para sim, tal significa que tem a sua atenção. Se apontam para outra direção, tal poderá indicar que a pessoa gostaria de colocar um fim aquela interação.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório