Meteorologia

  • 24 OUTUBRO 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 21º

Edição

A Universidade de Évora está a recrutar participantes para comer queijo

E tem ainda prémios para oferecer, sim leu bem.

A Universidade de Évora está a recrutar participantes para comer queijo
Notícias ao Minuto

15:15 - 03/12/18 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Vai aderir?

Investigadores da universidade alentejana querem conhecer que emoções as pessoas associam aos diferentes tipos de queijo e se a forma como essas emoções se relacionam com fatores sensoriais (como o sabor, cheiro e textura) influencia as preferências.

Que emoções há num queijo? É o ponto de partida para este estudo conduzido por investigadores da Universidade de Évora, no âmbito do projeto Sabor Sur (Interreg V). O estudo, que decorre entre 10 e 19 de dezembro, convida-o a provar diferentes tipos de queijo, a identificar as suas características sensoriais e as emoções que estes lhe suscitam. Quem participar fica habilitado ao sorteio de uma máquina de café, um pack de experiências gastronómicas, um powerbank ou brindes.

O grupo responsável pelo estudo é constituído por investigadores de diferentes áreas científicas e tem como objetivo estudar os determinantes das escolhas e preferências alimentares, cruzando perspetivas biológicas, sensoriais, psicológicas e sociais. Como refere Elsa Lamy, coordenadora do projeto, “As escolhas alimentares dependem de diversos fatores. As pessoas podem preferir determinados aspetos sensoriais, em termos do sabor, cheiro ou textura dos alimentos, mas as escolhas não dependem apenas das características dos alimentos, mas também das características das próprias pessoas. É por isso que atualmente se começam a estudar, não só as diferenças individuais, em termos de perceção sensorial, mas também em termos das emoções ou da personalidade”.

A integração dos aspetos sensoriais e psicológicos é uma via promissora para a compreensão do comportamento dos consumidores face aos mais diversos alimentos e este estudo foca-se num em particular: o queijo. Presente na dieta humana desde que existe registo histórico, atualmente conhecem-se mais de 1800 variedades diferentes de queijo. Capaz de assumir diferentes formas, cores, sabores e texturas, o queijo é um produto que pode dividir opiniões, mas ao qual é difícil ficar indiferente. Pela sua versatilidade, é capaz de se adaptar aos mais diferentes contextos e, por isso, também capaz de evocar emoções muito diversas. Essas características justificaram a sua escolha como protagonista do estudo. “As características sensoriais do queijo estão amplamente estudadas, quer por consumidores, quer por provadores especialistas, mas pouco se sabe sobre o que as pessoas sentem quando comem queijo e, sobretudo, sobre como as diferentes sensações olfato-gustativas, como o doce ou o amargo, se podem relacionar com diferentes emoções”, explicam os investigadores.

As inscrições para participar neste estudo já se encontram abertas e pode optar entre as várias sessões que irão decorrer em dois polos da Universidade de Évora, no Colégio Luís António Verney e no Polo da Mitra. Para saber mais sobre o estudo e garantir a sua participação, basta aceder à página oficial do projeto.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório