Meteorologia

  • 17 DEZEMBRO 2018
Tempo
MIN 7º MÁX 8º

Edição

Contra um ataque de pânico, siga estes sete passos e tenha calma

Momentos de ansiedade mais críticos podem acontecer a qualquer momento, nos quais por vezes quem o sofre está sozinho. Por isso, é importante saber como agir.

Contra um ataque de pânico, siga estes sete passos e tenha calma
Notícias ao Minuto

08:00 - 19/11/18 por Mariana Botelho 

Lifestyle Ansiedade

A ansiedade é um estado muito presente na população atual. Pode manifestar-se de formas mais ou menos graves e nos casos mais críticos é possível que leve a ataques de pânico.

Por ser algo irracional, que parece superar a vontade humana em momentos de maior fragilidade, seja por depressão, medo ou ansiedade, os ataques de pânico acontecem a qualquer altura do dia, deixando o próprio e indivíduos em redor, na maioria das vezes, sem saber o que fazer.

O Veja apontou sete passos que se deve considerar no sentido de ajudar (a si ou ao próximo) da próxima ver que se deparar com a referida situação.

Perceba o corpo: Este ponto será relativamente mais fácil de se entender por alguém que já tenha passado pela situação. O momento é passageiro e não deixa danos físicos, é importante focar nesta ideia de controlo sobre o próprio corpo.

Respire: Forcar-se na própria respiração pode ser o suficiente para se sentir melhor. À medida que passa todas as suas atenções para os pulmões, abstrai-se de outras situações. Ao mesmo tempo, obriga o corpo a baixar a frequência cardíaca.

Relaxe os músculos: Relaxar o físico traz mais valias a nível interno. Concentre-se nos próprios músculos e tende desprendê-los. Atém das vantagens físicas, é mais um método com que se pode abstrair.

Limite os estímulos: Há que conhecer o corpo. Os ambientes com muitas pessoas e barulho não são os mais indicados, por isso, nos momentos de maior ansiedade, em que se prevê que daí pode vir um ataque de ansiedade, o melhor será procurar um espaço mais silencioso, com poucas pessoas e se possível, escuro. Lá, foque-se nos exercícios de respiração e relaxamento muscular.

Escreva: Diz um estudo apresentado no SAGE Journals que escreves os pensamentos para posteriormente rasgar a folha e deitar fora é uma boa forma de tornar os medos e ansiedades em algo material que pode, literalmente, deitar fora.

Esqueça o café: Cafeína em excesso deixa-o mais acelerado, o que pode funcionar como um estímulo para um estado de maior ansiedade. Optar por bebidas que afetem menos a frequência cardíaca e que o mantenham hidratado será o mais aconselhado, caso tenha tendência para comportamentos de grande ansiedade.

Ouça música: Certos momentos de maior agitação e multidão são inevitáveis, como quando se anda de transportes públicos. Se estas situações o deixam ansioso, combate-las com música, com que se isola através dos auscultadores, pode ser um bom método.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório