Meteorologia

  • 12 NOVEMBRO 2019
Tempo
12º
MIN 12º MÁX 18º

Edição

De dieta e tem evitado a massa? Então, esta notícia é para si

Esta quinta-feira, dia 25 de outubro, assinala-se o Dia Mundial das Massas e o Notícias ao Minuto esteve à conversa com Helena Real, nutricionista.

De dieta e tem evitado a massa? Então, esta notícia é para si

Assinala-se, esta quinta-feira, o Dia Mundial das Massas, pretendendo-se, com esta efeméride, relembrar a importância que este alimento representa numa alimentação saudável e variada.

Esta é, precisamente, a ideologia partilhada por Helena Real, nutricionista da Associação Portuguesa de Nutrição, que defende, em declarações ao Notícias ao Minuto, que as massas devem continuar a marcar presença no regime alimentar, já que deve ser adotada “uma alimentação equilibrada, completa e variada”.

E esta é também uma das orientações da Roda da Alimentação Mediterrânica, “o nosso guia alimentar português”, recorda, explicando ainda que neste esquema “existe um grupo que representa os cereais, tubérculos e frutos amiláceos, onde se inserem as massas. Desta forma, as massas devem fazer parte da nossa alimentação, contribuindo assim para uma maior variedade nos alimentos, fontes de cereais”.

Quantas vezes, quando a opção passa por adotar uma dieta com baixo aporte calórico, as massas não são deixadas de lado? Pois bem, conforme defende Helena Real, esta “não é uma atitude correta, pois as massas são alimentos muito interessantes sob o ponto de vista nutricional, por serem fonte de hidratos de carbono complexos, vitaminas e minerais”.

Para lá disso, são “alimentos extremamente versáteis em termos culinários, o que nos permite combiná-los com diversos outros alimentos interessantes, como os produtos hortícolas, as leguminosas, o pescado, a carne ou os ovos, podendo assim facilmente encaixar-se num perfil culinário mediterrânico”. Saliente-se ainda que falamos de um alimento facilmente enquadrável em “qualquer faixa etária, tendo em consideração que existem massas de diferentes tamanhos, formatos e cores”.

O que selecionamos para acompanhar a massa é que pode contribuir para o aporte calóricoJá em relação às calorias fornecidas por este ingrediente, a nutricionista esclarece que “100 g de massa cozida fornecem cerca de 100 kCal”. Ora, se num prato poderemos ter cerca de 220g de massa cozinhada, o que equivale a cerca de 70g de massa crua, “esta quantidade não apresenta um aporte calórico muito elevado”.

Refira-se, porém, que o que selecionamos para acompanhar a massa é que pode contribuir para o aporte calórico. “Se forem escolhidos ingredientes ricos em gordura verificar-se-á um desequilíbrio do prato. Por outro lado, se optarmos por ingredientes como, por exemplo, os produtos hortícolas, as leguminosas, o pescado, a carne (sobretudo branca) ou os ovos, teremos no final um resultado equilibrado sob o ponto de vista nutricional”, refere a nutricionista.

Neste Dia Mundial das Massas recorde-se ainda que, em 2017, em Portugal foram produzidas cerca de 76.000 toneladas de massa, ocupando assim o 8º lugar no ranking mundial dos países que mais consomem massa, com sete quilos per capita, de acordo com dados da International Pasta Organization.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório