Meteorologia

  • 17 DEZEMBRO 2018
Tempo
MIN 6º MÁX 9º

Edição

Estes alimentos podem fazer com que acuse positivo num teste de drogas

São cada vez mais comuns a realização de exames toxicológicos no local de trabalho, sobretudo para aqueles indivíduos cujas posições envolvem responsabilidade civil.

Estes alimentos podem fazer com que acuse positivo num teste de drogas
Notícias ao Minuto

10:00 - 11/10/18 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Perigo no prato

Mas será que alguém pode falhar o teste sem ter usado drogas? A resposta é sim.

Para comprovar essa tese, a estação televisiva BBC realizou uma experiência no programa ‘Rip Off Britain’ (uma série dedicada à alimentação).

Após passar três dias a comer pão com sementes de papoila, a apresentadora Angela Ripon, foi submetida a um exame para detetar opiáceos e deu positivo.

O ópio é uma substância extraída a partir da cápsula ainda verde da planta Papaver somniferum, conhecida popularmente como papoila. A substância tem propriedades analgésicas e narcóticas e o seu uso pode levar à dependência. Do ópio, são extraídos produtos como a morfina, heroína e codeína.

Morfina em sementes de papoila

"Comer pão com sementes de papoila pode provocar um resultado positivo num teste de urina que detete morfina", confirmou à BBC Atholl Johnston, especialista em farmacologia na Universidade Queen Mary, do Reino Unido.

Aliás, a quantidade de morfina numa semente de papoila pode variar muito, chegando até a 600%, dependendo de onde e quando foi colhida.

Mas os testes toxicológicos são muito sensíveis e podem dar um resultado positivo mesmo após o consumo de uma quantidade relativamente pequena de sementes.

Outros alimentos

Segundo o fabricante canadiano de alcoolímetros para carros Lifesafer, com dispositivo para bloquear a ignição caso seja detetado álcool no hálito do motorista, existem vários alimentos que podem dar um falso positivo.

Um comunicado no site da empresa alerta que, às vezes, a pessoa pode ter álcool no hálito sem saber, embora a substância não esteja presente no sangue e não afete de facto a condução.

Tal acontece por meio de reações químicas de certos alimentos que causam fermentação, como massas de pão ou pizza que contêm levedura, ou até mesmo algumas frutas, de acordo com o artigo publicado pelo Lifesafer.

A fermentação pode gerar uma determinada quantidade de álcool que, embora mínima, pode ser detetada por um teste de alcoolímetro, se for realizado logo depois de comer.

Além disso, o artigo menciona que existem outros alimentos que podem conter pequenas quantidades de álcool, como vinagre ou extrato de baunilha, e produtos de higiene pessoal como antissépticos bucais e alguns xaropes para tosse.

Uma vez que, nestes casos, o álcool não está no sistema digestivo, lavar a boca com água ou esperar 15 minutos pode ser suficiente para que o resultado do teste do balão seja negativo, afirma o Lifesaver.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório