Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Tudo o que precisa de saber sobre sapatilhas de corrida

Se corre (ou vai começar nesta prática), um bom calçado de corrida é o único investimento que tem de fazer. Vale a pena perceber bem este tipo de sapatilhas específico para garantir que usa o mais adequado à sua situação.

Tudo o que precisa de saber sobre sapatilhas de corrida

Comecemos pelas regras mais simples:

  1. Não dê prioridade à cor da sapatilha (existem mil e uma opções, certamente que encontra na sua cor favorita o modelo indicado ao seu pé, mas este não deve ser, de todo, o ponto de partida.)
  2. Não vá pelo conselho do seu companheiro de corrida. Cada caso é um caso e mesmo que o estilo de corrida sejam semelhantes, o pé certamente não será.
  3. Não arrisque a ir a lojas antes de se informar. Embora marcas especializadas contem com opções para corredores de vários tipos, há casos a comparar, também, entre marcas e isto não saberá se se deixar aconselhar apenas por uma marca que, claro está, lhe irá vender aquilo que acredita ser ‘o melhor do mercado’.

Posto isto, importa perceber que existem sapatilhas especificamente criadas para a passada pronadora (em que o pé tende a fazer uma acentuada rotação para dentro sempre que o calcanhar toca no chão), supinadora (em que se nota uma grande acentuação do contato do calcanhar com o solo) ou neutra (passada feita com apoio equilibrado da sola do pé no solo). Ora, é graças à sola onde se acentua o apoio ou proteção de certa zona do pé que contraria a má colocação do mesmo durante a corrida e assim se evitam lesões.

Num ortopedista, é possível identificar o tipo de passada, mas para não chegar ao caso de ter de marcas uma consulta antes de contrar umas sapatilhas, saiba que são várias as marcas especializadas que, em loja, oferecem este serviço.

Sabido o tipo de passada, foque-se no tipo de corrida. Treinar distâncias é bem diferente do que treinar velocidade e para cada caso se distingue um calçado mais adequado. Também esta opção será facilmente indicada pelo vendedor – caso tenha o que procura. Se lhe tentar vender algo diferente ou o fizer acreditar que ‘aquele modelo serve para qualquer tipo de corrida’, o melhor será procurar as suas sapatilhas noutra loja.

Estes são os principais pontos, mas há mais a atentar, como relevantes pormenores como ‘evite modelos minimais’. Nem demasiado minimais, nem demasiado robustas. Uma sapatilha de corrida deve ser leve, mas completa e com uma sola que lhe garanta o apoio e amortecimento que carece. Há décadas atrás, contudo, não se pensava assim, havendo por exemplo quem corresse com o modelo Cortez da Nike. Hoje, a tecnologia evoluiu neste campo e afasta-se por completo desta ideia.

Com base nestas indicações, comprar um par de sapatilhas para corrida pode parecer algo demasiado específico, mas que certamente valerá a pena. Experimente muitos modelos, veja como se sente e não dê de imediato um ‘não’ a uma determinada marca porque gosta mais do visual de outra. Quando o seu pé encontrar o maior conforto, não quererá outra coisa, além da probabilidade de a sua performance em corrida melhorar.

Por último, uma compra destas nunca deve ser feita antes de uma prova. O pé tem de se habituar ao calçado, por isso, treinar com o mesmo para que no dia da prova se sinta em casa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório