Meteorologia

  • 23 ABRIL 2019
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 12º

Edição

O leitor perguntou: Afinal, o que é o efeito placebo?

O que é o efeito placebo, um ensaio clínico de dupla ocultação e como funcionam os comprimidos placebo contracetivos?

O leitor perguntou: Afinal, o que é o efeito placebo?
Notícias ao Minuto

07:00 - 08/10/18 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Mistério desvendado

O placebo é em termos simples um medicamento, injeção ou cirurgia falsa sem qualquer valor terapêutico.

É usado a propósito da realização de estudos que ajudam os investigadores a entender o efeito que uma nova droga ou tratamento tem numa condição em particular.

O novo fármaco é dado a um grupo de pacientes, enquanto que a outro grupo é administrado o tal placebo – contudo nenhum dos quais sabe o que tomou.

O efeito placebo refere-se à capacidade de um paciente acreditar que foi de facto efetivamente tratado, apesar de não lhe ter sido administrado qualquer medicamento real ou terapia.

É comummente administrado em indivíduos com condições, tais como a ansiedade, o síndrome do intestino irritado, e em casos de dor crónica, que depois reportam os seus efeitos.

Algumas pessoas chegam mesmo a experienciar reações secundárias após terem tomado um placebo.

Os médicos creem que o efeito placebo se resume às próprias expetativas dos pacientes – ou seja, tomamos um comprimido e esperamos que surta algum efeito, deste modo os próprios processos químicos do corpo podem provocar efeitos semelhantes aos que a medicação poderia causar.

O que é um ensaio clínico de dupla ocultação?

Tal acontece quando os investigadores e os pacientes não fazem ideia do que irá acontecer no ensaio (se irão ser administrados placebos ou não e a quem).

Este método remove qualquer tendenciosidade, tornando os resultados mais confiáveis.

E como funcionam os comprimidos placebo contracetivos?

Uma embalagem destes fármacos contém 21 comprimidos ativos e sete inativos os quais não incluem hormonas (placebos).

As mulheres tomam uma pílula por dia durante 28 dias e os placebos na última semana.

Os placebos continuam a proteger as mulheres de uma potencial gravidez desde que todos os outros medicamentos tenham sido ingeridos na altura devida.

Porém, durante a semana placebo, os ovários não estão sob o efeito da pílula e como tal as mulheres podem começar a ovular caso continuem a ingeri-los por mais de sete dias.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório