Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2018
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Cancro da próstata. É possível prevenir?

Num artigo de opinião partilhado com o Lifestyle ao Minuto, o médico Antonio López-Beltrán, diretor do Departamento de Anatomia Patológica do Centro Clínico Champalimaud de Lisboa e assessor da OncoDNA, fala sobre a problemática do cancro da próstata.

Cancro da próstata. É possível prevenir?
Notícias ao Minuto

14:30 - 27/09/18 por Notícias Ao Minuto 

Lifestyle Doenças que matam

É sempre bom lembrar a importância da consciencialização para a saúde da próstata através da prevenção. E não são poucos os homens que desconhecem os benefícios que uma simples visita anual ao urologista pode oferecer, especialmente depois dos 50 anos de idade. Nesta idade surgem uma série de alterações hormonais que levam ao crescimento gradual da próstata. Um processo que pode ser benigno e tornar-se a chamada hiperplasia prostática benigna (BPH), uma das patologias mais comuns do sistema urinário do homem. Especificamente, afeta mais de 50% dos homens com mais de 50 anos de idade, e a prevalência é superior a 80% após os 90 anos.

No entanto, esse aumento do tamanho também se pode transformar em cancro. Não nos esqueçamos de que a doença oncológica prostática é a segunda causa de mortalidade por tumores em homens, segundo a Associação Portuguesa de Urologia, atrás apenas do cancro de pulmão. Graças à prevenção, a doença pode ser detetada a tempo e melhorar as taxas de sucesso, os tempos de recuperação e a qualidade de vida do doente, que pode vencer a batalha com terapias menos agressivas. De fato, a taxa de cura é de 90% quando diagnosticada precocemente.

Os tratamentos serão mais bem sucedidos graças a um plus informativo, com o qual se pode chegar mais facilmente à raiz do problema e encontrar a terapia que melhor se adapte às necessidades de um doente, evitando tratamentos menos eficazes e sua consequente toxicidade. Além disso, em casos de próstata, não é incomum presenciar uma acumulação de mutações, o que pode levar à progressão da doença e à resistência a terapias padronizadas. A oncologia de precisão e, em particular, os estudos genómicos são uma excelente ferramenta para o clínico antecipar essas possíveis mudanças e personalizar cada tratamento ao máximo.

Sintomas

Há alguma forma de a pessoa suspeitar que tem cancro da próstata? É difícil detetá-lo, é um tumor silencioso que mostra seu rosto quando já está avançado. É por isso que é tão importante tomar medidas preventivas. Em qualquer caso, depois dos 50 anos, os homens devem estar muito atentos a certas manifestações. Por exemplo, começar a sentir a necessidade de urinar mais vezes do que o habitual, a cada duas horas, aproximadamente; que a micção é mais fraca, que se apresenta com ardor ou mesmo sangue.

Se existem esses sintomas, é quase obrigatório ir ao urologista, não porque é um prelúdio para o cancro, mas porque parece claro que um distúrbio relacionado com a próstata apareceu. Por outro lado, para cuidar da saúde da próstata é necessário modificar certos comportamentos: evitar a vida sedentária, fumar, ingestão de álcool e refeições abundantes, especialmente alimentos condimentados e gorduras saturadas.

Em suma, levar uma vida ativa e uma dieta saudável pode-nos ajudar a manter a saúde da próstata sob controlo, embora a melhor defesa seja sempre consultar o especialista regularmente. É um processo simples que não envolve riscos ou desconforto, e graças ao qual se pode vencer batalhas. Contudo, o cancro é muito mais difícil de lidar em processos avançados. É algo que está nas nossas mãos, não o desperdicemos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório