Meteorologia

  • 17 DEZEMBRO 2018
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 12º

Edição

Diga não. Tabaco foi associado ao risco de mais uma doença

Os fumadores apresentam um maior risco de virem a sofrer de esclerose múltipla (EM) e consequentemente a tornarem-se incapacitados mais rapidamente, avisa um novo estudo.

Diga não. Tabaco foi associado ao risco de mais uma doença
Notícias ao Minuto

14:30 - 24/09/18 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Perigo saúde pública

As conclusões desanimadoras resultam de uma pesquisa recente conduzida pela organização de beneficência britânica MS Society, de apoio a doentes com EM, que analisou dezenas de outros estudos realizados anteriormente.

De acordo com os investigadores a ligação entre esclerose múltipla e o consumo de tabaco “é cada vez mais óbvia”.

Contrariamente, a pesquisa apurou que abandonar o vício do tabaco pode adiar até em oito anos o aparecimento da condição crónica.

Os investigadores alertam que fumar pode tornar a EM mais ativa, piorar os sintomas da doença crónica e acelerar o processo de incapacidade motora e física.

A líder da pesquisa, a médica Susan Kohlhaas, disse: “Olhando para todas estas provas científicas, é claro que fumar pode piorar a EM e dificultar a capacidade do cérebro em combater a doença”.

“Não são apenas as pessoas com EM que devem estar a par desta informação, já que os fumadores em geral apresentam um risco maior de contraírem a doença, comparativamente a quem não fuma”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório